dcsimg

Curso de Engenharia de Materiais

  • author Marcele Chinarelli
Por Marcele Chinarelli  / Publicado: 22/03/2012

É o ramo da engenharia que está relacionado à pesquisa, ao desenvolvimento, à produção, ao aperfeiçoamento e à utilização de materiais com aplicação tecnológica. A Engenharia de Materiais integra a Modalidade Industrial de Engenharia onde se incluem as Engenharias Aeronáutica, Mecânica, Industrial, Metalúrgica, de Minas, Naval, de Petróleo, Química, de Tecnologia de Alimentos e Têxtil.

O Engenheiro de Materiais atua na gestão, supervisão e orientação técnica de projetos e processos de produção, transformação e uso de materiais. Além disso, pesquisa e cria materiais, como resinas, plásticos, cerâmicas e ligas metálicas. Compete também a esse profissional atuar na fase de projeto, de modo a escolher os materiais mais indicados para as aplicações desejadas.

O curso

Inmagine


O curso de Engenharia de Materiais, com uma duração média de cinco anos,

Nos dois primeiros anos do curso, são ministradas disciplinas básicas como Física, Química e Matemática. Após esse período, são abordadas as disciplinas específicas como Comportamento dos Materiais, Cristalografia, Plasticidade, Processamento de Materiais (Metálicos, Poliméricos e Cerâmicos) e Termodinâmica.

O aluno desse curso pode ter ênfase em Metais, Cerâmicas e Polímeros. além disso, grande parte da carga horária é feita em laboratório, para desenvolvimento e pesquisa de propriedades e aplicações de materiais.

A apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e estágio são obrigatórios.


Onde estudar Engenharia de Materiais

As melhores faculdades de Engenharia de Materiais concentração nas regiões Sudeste e Sul do Brasil.

O Instituto Militar de Engenharia (IME), renomada instituição localizada do Rio de Janeiro, possui o melhor conceito Enade para o curso que em sua origem chamava-se Engenharia Metalurgica e passou a denominar-se Engenharia de Materiais à partir de 2003.

Outras importantes instituições para o curso são a Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), do Paran´, e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).


Áreas de atuação

O Engenheiro de Materiais pesquisa materiais e processos, desenvolve produtos e aplicações, tanto para novos materiais como para produtos já existentes. Atua nos seguintes campos:

Inspeção e Controle de Qualidade - Fiscaliza a qualidade de produção, pesquisa as causas de problemas e propões soluções ou alterações no processo industrial.

Pesquisa - Estuda os novos materiais ou novas aplicações para os materiais já conhecidos. Trabalha em Indústrias, Institutos de Pesquisa e Universidades em laboratórios, no desenvolvimento de materiais mais eficazes, mais econômicos, menos poluentes e, de preferência, recicláveis.

Produção - Gerencia os fatores que influem na qualidade do produto, acompanha todo o processo de fabricação, desde a seleção de matérias-primas até a saída, o produto final, garantindo o cumprimento das normas e especificações técnicas.

Habilidades necessárias

Quem escolheu seguir a carreira em Engenharia de Materiais deve possuir um perfil com as seguintes características:

  • Facilidade com Física, Química e Matemática;
  • Busca por soluções inovadoras;
  • Ser observador;
  • Meticulosidade;
  • Interesse em novas tecnologias.


Mercado de trabalho

A cada dia, surgem novas indústrias que utilizam os produtos e subprodutos de outras para criarem novos compostos, sendo o Engenheiro de Materiais um de seus principais profissionais.

O mercado de trabalho se mostra bastante atraente e muitos Engenheiros de Materiais estão desempenhando papel relevante nas empresas (privadas e estatais) de fornecimento de matérias-primas, de transformação, de prestação de serviços, de consultoria, como também em instituições de ensino e pesquisa e de desenvolvimento científico e tecnológico. Muitos dos Engenheiros formados foram treinados pelas empresas e trabalham atualmente em áreas relacionadas com materiais no campo de Engenharia Nuclear, Petroquímica, Eletro-Eletrônica, Engenharia Biomédica, Indústrias de Transformação, Mecânica, Aeronáutica, e outras.

Os especialistas em desenvolvimento de polímeros e cerâmicas são disputados pelas indústrias automobilística e aeronáutica. Na área biomédica, são requisitados os engenheiros que fazem pesquisas para criação de novos materiais utilizados em implantes.

A região sudeste concentra a maior parte das vagas. Merecem destaque: São Paulo por seu grande parque industrial, a CSA no Rio de Janeiro e a região do Vale do Aço, em Minas Gerais.

Segundo o CREA-SP, o salário inicial é de R$3.060,00 para jornada de 6 horas.


* * *

Referências:

http://www.dema.ufscar.br/portal/index.php/pt/graduacao/profissao

http://dema.ufcg.edu.br/web/index.php?option=com_content&view=article&id=48&Itemid=11&lang=pt

http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/engenharia-producao/engenharia-materiais-602849.shtml

http://www.mackenzie.br/materiais.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Engenharia_de_materiais



Comentários



Veja mais artigos de Exatas

  • Curso de Engenharia Têxtil

    Conheça o curso Bacharelado em Engenharia Têxtil. Onde estudar, mercado de trabalho, salário inicial, habilidades necessárias e muito mais.

  • Engenharia de Petróleo

    Conheça o curso Bacharelado em Engenharia de Petróleo. Onde estudar, mercado de trabalho, salário inicial e habilidades necessárias ao profissional.

  • Astronomia

    O astrônomo estuda o universo, pesquisa e analisa a sua composição, confrontando teorias físicas com observações feitas por modernos telesc

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: