dcsimg

Curso de Engenharia Química

  • author Marcele Chinarelli
Por Marcele Chinarelli  / Publicado: 15/07/2007

A Engenharia Química é um ramo da engenharia que trabalha com sistemas de produção, empregando transformações físico-químicas para desenvolver processos industriais transformando matéria-prima em um produto beneficiado com maior valor. Em resumo, é uma carreira que combina conhecimentos da Química e da Engenharia, principalmente a Engenharia de Produção. A carreira é abrangente: o engenheiro químico pode controlar desde as mais básicas produções até as mais refinadas.

O curso

Inmagine


Durante todo o curso de Engenharia Química o aluno enfrentará uma carga pesada de Química, Física e Matemática. Devido o avançar da biotecnologia, conhecimentos em Biologia tem sido incorporados à grade curricular.

À partir do terceiro ano, o curso passa a se tornar mais prático e as disciplinas começam a ser aplicadas em processos físico-químicos. Aulas em laboratório ocupam grande parte da carga-horária do curso. Será nas aulas práticas que o estudante passará a habituar-se com as ferramentas e processos industriais, e se preparará para enfrentar situações reais de uma indústria.

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e estágio são obrigatórios.

Com duração mínima de cinco anos, o curso é considerado um dos mais difíceis entre as Engenharias. Exige bastante estudo e dedicação do aluno, sendo comum haver períodos integrais de aula.

Onde estudar Engenharia Química

Confira algumas faculdades e universidades no Brasil que merecem destaque:

Na região Sudeste, o Instuto Militar de Engenharia (IME), do Rio de Janeiro, onde o curso de Engenharia Química possui conceito 5 no Enade, e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), em São Carlos, estado de São Paulo. Além dessas instituições, são dignas de nota a Pontificia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

No Sul, a Universidade Federal do Paraná (UFPR), que oferece o curso há quase 90 anos, e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

No Nordeste, a Universidade Federal da Bahia (UFBA) é a instituição nordestina melhor avaliada no Enade, e disponibiliza 7 laboratórios em seu Departamento de Engenharia Química (DEQ).

Áreas de atuação

O profissional tem diversas opções de atuação, sendo o setor petroquímico e ambiental os de maior destaque. Confira abaixo algumas áreas de atuação do engenheiro químico:

  • Bioinformática
  • Biotecnologia
  • Controle de Processos
  • Engenharia ambiental
  • Engenharia Biomédica
  • Engenharia de Segurança
  • Engenharia Molecular
  • Engenharia sísmica
  • Engenharia de Alimentos
  • Eletroquímica
  • Energia Nuclear
  • Extração de petróleo
  • Fabricação de Semicondutores
  • Metalurgia
  • Mineração e Extração
  • Modelagem de processos químicos
  • Operações Unitárias
  • Papel e Celulose
  • Petroquímica
  • Processos de Separação
  • Polímeros
  • Purificação de água
  • Termodinâmica
  • Transferência de massa e calor


Habilidades necessárias

O candidato que deseja seguir essa carreira deve possuir um perfil com as seguintes características:

  • Afinidade com Química, Física e Matemática;
  • Criatividade;
  • Curiosidade em entender funcionamento das coisas;
  • Habilidade para trabalhar em equipe;
  • Interesse em novas tecnologias;
  • Meticulosidade.


Diferença entre Química e Engenharia Química

O vestibulando pode ficar em dúvida entre escolher seguir a carreira de Engenharia Química ou Química. A diferença entre as duas carreiras está basicamente nas áreas de atuação. A Química tem sua atuação voltada aos laboratórios, na elaboração de experimentos e análises químicas, enquanto a Engenharia Química atua diretamente em processos industriais que envolvem química. Os dois cursos trabalham as ciências fundamentais (matemática, física e química), mas a formação do engenheiro químico também envolve conhecimentos específicos da Engenharia.

Mercado de trabalho

No Brasil, o mercado de trabalho em Engenharia Química está em expansão. A busca crescente por tecnologias ambientalmente amigáveis e o aquecimento das pesquisas e produção de biocombustíveis alavancam o crescimento da profissão. A descoberta e exploração do Pré-Sal brasileiro tende a abrir um grande número de oportunidades na indústria petroquímica. A grande demanda de profissionais e a diversidade dos campos de atuação, fazem desta área uma das que mais oferecem oportunidades de colocação profissional.

Hoje, o salário inicial é de aproximadamente R$ 3.732,00 para 6 horas diárias de trabalho, segundo regulamentação da Lei 4950-A de 22/04/66.


* * *

Referências:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4950a.htm

http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/engenharia-producao/engenharia-quimica-602750.shtml

http://g1.globo.com/Noticias/Vestibular/0,,MUL106482-5604,00-CAMPO+DE+TRABALHO+DO+ENGENHEIRO+QUIMICO+E+VASTO.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Engenharia_química

 


Comentários



Veja mais artigos de Exatas

  • Curso de Engenharia de Pesca

    Conheça o curso Bacharelado em Engenharia de Pesca. Onde estudar, mercado de trabalho, salário inicial e habilidades necessárias ao profissional.

  • Curso de Engenharia Cartográfica

    Conheça o curso Bacharelado em Engenharia Cartográfica. Onde estudar, mercado de trabalho, salário inicial e habilidades necessárias ao profissional.

  • Ciência da Computação

    Criar programas de informática é a principal atribuição desse profissional. Para isso, ele analisa as necessidades dos usuários, gerencia e

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: