dcsimg

Conheça um pouco mais do curta "Vista minha pele"


Por Leonardo Campos*

Dirigido por Joel Zito Araujo, o mesmo do ácido A Negação do Brasil, Vista minha pele é uma produção simplória sobre preconceito racial nas escolas.

Desta vez, o diretor narra uma curta história sobre duas meninas amigas de uma escola: uma negra e outra branca, sendo que nesta sociedade, o comum é ser negro e aqueles que são da raça branca é que estão no alvo dos preconceitos e estereótipos.


Cena do curta-metragem "Vista milnha pele"
Entre as citações de bastante ênfase, temos o pai da menina branca, reclamando que “há 500 anos eles seguram esse país nas costas...” A sensação de estranhamento é bastante comum para o espectador deste ousado projeto, que nos remete ao também interessante Shame no more (Vergonha nunca mais!), outro curta metragem, desta vez, estadudinense, que narra uma sociedade onde o norma é ser homossexual, sendo a heterossexualidade algo incomum e alvo de terríveis perseguições.

Com 23 minutos de duração, Vista minha pele ainda traz em seu final, depoimentos de diversos educadores e dos atores que participaram do processo de gravação. Interessante para fins didáticos ou até mesmo reflexões da sociedade em geral.

* Graduando em Letras Vernáculas com Habilitação em Língua Estrangeira Moderna - Inglês - UFBA | Membro do grupo de pesquisas “Da invenção à reivenção do Nordeste” – Letras – UFBA | Pesquisador na área de cinema, literatura e cultura - Colaborador do Passeiweb.com


>> Confira também em

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: