Brasil: Terra à Vista!, de Eduardo Bueno

  • Data de publicação

Brasil: Terra Vista!, publicado em 2000, uma aventura ilustrada do Descobrimento do Brasil. Uma narrativa auxiliada por farta iconografia da poca. O autor Eduardo Bueno conta a histria do descobrimento a partir da "viso da proa" (os portugueses que chegavam) e "a viso da praia" (o ponto de vista dos habitantes de Pindorama "a terra das palmeiras"). Segundo Eduardo Bueno, o dia 22 de abril seria celebrado como o "primeiro dia" do Novo Mundo e o "ltimo dia" de Pindorama, o paraso perdido, a terra dos Tupi, Tupiniquim e outras grandes naes indgenas.

A expedio de Pedro lvares Cabral, a carta de Pero Vaz Caminha, o primeiro contato com os indgenas da costa litornea brasileira, a importncia do legado de Bartolomeu Dias, Amrico Vespcio e Vasco da Gama para esta empreitada, a relevncia que o Brasil adquiriu para a coroa portuguesa aps sua descoberta e todo o contexto histrico do Descobrimento so abordados de modo atrativo nesta narrativa.

Seguro de que conhecer a Histria uma viagem emocionante, o escritor e jornalista Eduardo Bueno domina o leitor com uma prosa to instigante quanto direta e informativa, destrinchando detalhes tcnicos como informaes geogrficas, de navegao, etc. e explicando causas e conexes que fizeram histria, mas que muitas vezes passam batido nos livros de histria. Em Brasil: Terra vista!, datas, personagens e acontecimentos so humanizados, para que possamos nos colocar no lugar daquelas pessoas que, no porto de Lisboa, entravam em um navio sem saber se retornariam: o autor perscruta a mente do grumete que primeiro avistou a costa brasileira e pergunta-se o que passou na cabea do indgena que avisou aos seus companheiros da aproximao de uma fortaleza flutuante.

A leitura desse livro nos ajuda entender questes cruciais da nossa histria, como por qu a busca por especiarias orientais foi um mvel to importante e a razo da supremacia portuguesa nos mares dos sculos 15 e 16.

Todos os contedos, informaes e iconografia do mundo na poca do descobrimento do Brasil, assim como suas causas e desdobramentos, esto em Brasil: Terra Vista!. Um conjunto de mapas garante ao leitor uma permanente referncia dos grandes acontecimentos, viagens e da organizao do mundo nos sculos XV e XVI.

Brasil: Terra Vista! possui a maior documentao j reunida em um mesmo livro sobre o Descobrimento do Brasil. Uma dezena de mapas especialmente produzidos para este projeto, vinte ilustraes de Edgar Vasques que fazem a reconstituio da poca e mais de cem ilustraes, infogrficos, vinhetas e referncias histricas.

Trecho do livro

A Viso da Proa
Foi como uma miragem em um deserto de guas salgadas. Aps 44 dias entre o mar e o cu, o horizonte deixou de ser uma linha longnqua na qual o azul-celeste imaculado encontrava o azul revolto de um oceano sem fim.
No ltimo ponto que os olhos podiam vislumbrar, erguia-se, agora, a silhueta verdejante de uma pequena serra, pontilhada pelo cume de um monte "mui alto e redondo". Em breve, o aroma das flores e dos frutos no precisaria mais ser imaginado: seria sentido. Os homens acotovelaram-se na amurada das naus, com os olhos postos de encontro ao cu crespuscular. A terra, enfim, estava vista, como uma viso do paraso. Parecia miragem - mas era real.
Com as cores do entardecer tingindo a cena de dourado, os 12 navios da frota comandada por Pedro lvares Cabral prosseguiram seu avano. Era 22 de abril de 1500, e a maior esquadra j enviada para singrar o Atlntico encontrava-se a cerca de 60 quilmetros de uma costa desconhecida. Seria ilha ou terra firme? Provavelmente ilha, julgaram os marujos mais experientes uma das tantas, reais ou lendrias, que povoavam as imensides do chamado de Mar Tenebroso. A frota avanou cautelosamente a uma mdia de 5 quilmetros por hora e lanou ncoras. Elas mergulharam 34 metros antes de se acomodarem nas claras areias do fundo. Estava descoberto o Brasil. Um novo mundo amanhecia.

A Viso da Praia:
Foi como uma miragem bailando sobre as guas salgadas. Aps uma seqncia infindvel de dias iguais, o horizonte j no era uma linha longnqua e vazia. No ltimo ponto que os olhos podiam vislumbrar, surgiam, agora, estranhas silhuetas. Pareciam montanhas flutuantes singrando o oceano.
Os homens acotovelaram-se beira-mar, com os olhos postos de encontro ao cu matinal para vislumbrar a mais espantosa novidade de suas vidas. Que tipo de canoas seriam aquelas, que pareciam ter asas, to brancas e to amplas, e que avanavam junto com o sol? Trariam boas novas ou ms notcias? Vinham em paz ou prontas para a guerra? Parecia miragem mas era real.
Com as cores do amanhecer tingindo a cena de dourado, os 6 ou 7 homens que estavam na praia juntaram seus arcos e flechas e se prepararam para um encontro com os desconhecidos. De onde viriam os recm-chegados? De uma ilha ou de alguma terra alm-mar? Vinham provavelmente da Terra Sem Males, julgaram os mais experientes: o lugar onde todos eram felizes e ningum morria, e que ficava para l da imensido das guas salgadas.
Os nativos avanaram cautelosamente e, aps alguma hesitao, depuseram as lanas. Elas acomodaram-se nas claras areias da praia. Uma nova era estava se iniciando em Pindorama, a Terra das Palmeiras. Um velho mundo estava prestes a desaparecer.

Comentários

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: