Obras Poéticas, de Cláudio Manuel da Costa

  • Data de publicação

Toda a sua criao literria de Cludio Manuel da Costa est em Obras Poticas, obra que rene a produo lrica do poeta, sonetos, clogas, epicdios, cantatas e outras modalidades, e que d incio ao Arcadismo Brasileiro. Essa publicao marcou a fundao da Arcdia Ultramarina, uma instituio cultural onde os poetas se reuniam para escrever e declamar seus poemas.

O poeta admite a contradio que existe entre o ideal potico e a realidade de sua obra. Com efeito, se os poemas esto cheios de pastores - comprovando o projeto de literatura rcade - o seu gosto pela anttese e a preferncia pelo soneto indicam a herana de uma tradio que remonta ao Cames lrico e poesia portuguesa do sculo XVII.

A todo instante, o autor de Obras Poticas vale-se de antteses - tpico procedimento barroco - para registrar os seus conflitos pessoais. No soneto LXXXIV, temos um belo exemplo de contraste entre a dureza da pedra e a ternura do corao:

Destes penhascos fez a natureza
O bero em que nasci! Oh, quem cuidara
Que entre penhas to duras se criara
Uma alma terna, um peito sem dureza!

Comentários

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: