dcsimg

Cientistas acham floresta de 8 milhões de anos na Hungria



A floresta foi achada em uma mina de carvão
e pode ter 8 milhões de anos
HUNGRIA - Os arqueólogos encontraram 16 troncos preservados em uma mina de carvão na cidade de Bukkabrany, no nordeste do país.

Algumas árvores foram preservadas intactas, embora a maior parte da floresta tenha se transformado em carvão graças a uma camada de areia que a cobriu.

Os pesquisadores acreditam que ela pode ter sido soterrada por uma tempestade de areia.

Como foi preservado material orgânico, espera-se que as árvores possam oferecer aos cientistas informações valiosas sobre o clima da Terra há 8 milhões de anos.

Os troncos - de 2 a 3 metros de diâmetro e cerca de 6 metros de altura - são de uma espécie conhecida como cipreste de pântano, que cresce por um período de 200 a 300 anos.

Segundo o correspondente da BBC em Budapeste, Nick Thorpe, a madeira das árvores ainda parece marrom em fotografias tiradas pelos arqueólogos.

Mas como o material que protegia os troncos foi retirado, há risco de que eles possam se pulverizar diante dos cientistas.

Estão sendo tomadas medidas urgentes para preservá-los, depois que tentativas de retirá-los do local fracassaram.

Fonte: BBC Brasil

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: