dcsimg

Conheça 30 carreiras de futuro

  • Data de publicação

Para saber onde estão os cargos mais promissores, que ganharam importância por causa do momento econômico do Brasil ou pelo destaque adquirido por empresas nacionais no cenário global, a revista Você S.A. conversou com 20 especialistas em mercado de trabalho e remuneração. Foram ouvidos consultores, headhunters, diretores de RH e executivos cujo trabalho também é acompanhar os altos e baixos do mundo corporativo.

O resultado desse esforço foi um levantamento dos cargos de maior relevância dentro das companhias atualmente e as respectivas remunerações para esses postos. Vale lembrar que os valores são uma média de mercado e podem variar de acordo com o setor de atuação da organização. Os salários dos profissionais estão expressos na quantia mensal, em reais, recebida por cargo.

Apontou-se, ainda, o que deve ser feito para conquistar um desses postos, mostrando quais são as competências exigidas e como desenvolvê-las. Claro, um assistente financeiro dificilmente vai se tornar um diretor jurídico. Mas, se for o caso, ele pode se capacitar e se tornar um diretor comercial, uma das posições mais bem remuneradas dentro da cadeia corporativa atualmente. Veja:

1. GERENTE E DIRETOR COMERCIAL

Remuneração: Diretores ganham 35.000 reais em média. Gerentes, 19.000 reais

Quente: A diretoria que abriga a área de vendas e que pode comandar o marketing e os novos negócios está em alta. Há metas agressivas para acompanhar o consumo interno e a expansão internacional de empresas, o que requer estratégias de marketing, diz Marcelo Ferrari, diretor de novos negócios da consultoria Mercer, de São Paulo. Os diretores comerciais viram sua remuneração subir 22% nos últimos três anos.

Como chegar lá: A área comercial é a que tem as metas e objetivos mais claros. Não vendeu nem entregou resultado, não cresceu na carreira. Conheça bem os softwares e ferramentas tecnológicas que podem aumentar a sua produtividade e a da equipe.

2. GERENTE E DIRETOR FINANCEIRO

Remuneração: De 20.000 reais (gerentes) a 35.000 reais (diretores)

Quente: Fusões e aquisições, investimentos e abertura de capital são as atividades mais bem remuneradas dessa área. Hoje, o executivo de finanças tem que saber aplicar o dinheiro, diz Renato Furtado, da Russell Reynolds.

Como chegar lá: É obrigatório conhecer a estrutura regulatória do mercado de capitais e as leis internacionais de conformidade e transparência.

3. GERENTE E DIRETOR DE AUDITORIA

Remuneração: Gerentes ganham entre 9.000 e 20.000 reais. A remuneração de diretores chega a 33.000 reais

Quente: Até pouco tempo, esse profissional respondia a um diretor financeiro. Quando as empresas passam a investir em governança, ganham autonomia e cargos de nível mais alto. Foi uma das áreas que mais se valorizaram nos últimos anos, diz Cyro Magalhães, diretor de capital humano da Watson Wyatt, consultoria de São Paulo. A remuneração média da área de auditoria saltou 20%.

Como chegar lá: É preciso assumir o papel de consultor interno das demais áreas nas questões relacionadas à auditoria contábil e financeira.

4. GERENTE E DIRETOR DE MARKETING

Remuneração: Gerentes ganham até 19.000 reais e os salários para cargos de diretoria ficam em torno de 31.000 reais.

Quente: O salário do diretor de marketing teve, em média, aumento de 20% nos últimos três anos, segundo a Watson Wyatt. O aumento do crédito e a maior estabilidade do emprego impulsionaram o consumo nas classes C e D. Abriu-se um novo horizonte para estratégias de marketing e vendas. Quem temacapacidade de entender esse público sai na frente, diz Gino Oyamada, da Fesa Global Recruiters, empresa de recrutamento de São Paulo.

Como chegar lá: Fique de olho para oportunidades na internet e na telefonia celular, um mercado que só começou a ser explorado pela publicidade.

5. GERENTE E DIRETOR INDUSTRIAL

Remuneração: O salário dos gerentes fica na faixa dos 17.000 reais. Já o contracheque dos diretores é mais polpudo, em torno de 30.000 reais.

Quente: Um executivo industrial passa muito tempo no chão de fábrica. Para ocupar esse cargo ele precisa ter grande capacidade de resolver conflitos e bom jogo de cintura para lidar com a equipe.

Como chegar lá: Aqui, os engenheiros de produção levam vantagem. Além da formação em uma boa escola, é preciso desenvolver as competências básicas para um cargo de gestor nessa área. Ou seja, criatividade, flexibilidade e capacidade de negociação.

6. GERENTE E DIRETOR JURÍDICO

Remuneração: No nível gerencial, um executivo chega a ganhar 15.000 reais. O salário de um diretor jurídico pode alcançar 30.000 reais.

Quente: A área jurídica teve uma evolução salarial de 24% nos últimos três anos, de acordo com a Watson Wyatt. As empresas estão tirando profissionais dos escritórios de advocacia. Na década de 90, as corporações enxugaram ao máximo a área jurídica. Hoje, ela voltou a ser valorizada, diz Anna Luiza do Amaral Boranga, coordenadora do curso de administração legal do GVLaw, da Fundação Getulio Vargas de São Paulo. Normalmente, os diretores precisam de visão geral do Direito. Competências extras, como entendimento de fi nanças, valem muito.

Como chegar lá: Empresas querem profissionais que conheçam contratos de fusão e aquisição e dominem Direito Internacional. Desenvolva também um perfil de gestor.

7. GERENTE E DIRETOR DE RH

Remuneração: Os gestores de RH que estão no nível gerencial ganham, em média, 15.000 reais e os diretores, 30.000 reais.

Quente: A remuneração do profissional de RH cresceu 10% ao ano em três anos. Não é raro encontrar executivos de outras áreas, como negócios e finanças, nessa cadeira.

Como chegar lá: Olhe para o negócio de forma mais ampla, e não apenas para os processos da área de RH. Profissionais especializados em remuneração e benefícios têm sido bastante requisitados e tiveram sua remuneração acrescida de 15%, segundo a Mercer.

8. DIRETOR DE NOVOS NEGÓCIOS

Remuneração: O contracheque fica na casa dos 28.000 reais.

Quente: Diretor responsável pelo gerenciamento das maiores contas da empresa. Cargo de alta responsabilidade. Têm sucesso aqueles que constroem bons relacionamentos com clientes-chave e potenciais compradores.

Como chegar lá: Aproximando-se de quem decide as compras nos clientes. É preciso investir em relacionamentos de longo prazo, baseados em credibilidade.

9. GERENTE E DIRETOR DE FUSÕES E AQUISIÇÕES

Remuneração: Gerentes ganham entre 9.000 reais e 22.000 reais. Diretores recebem remuneração de até 28.000 reais.

Quente: Considerando o tamanho do mercado, o Brasil é hoje o país com maior número de fusões e aquisições, diz Gino Oyamada, da Fesa. Por isso, é intensa a procura por profi ssionais que trabalham nessa área em empresas, consultorias ou bancos. A remuneração fixa, normalmente,é compatível com a de outras diretorias ou gerências. O que faz a diferença é o bônus, que varia de acordo com o tamanho da transação.

Como chegar lá: A habilidade para lidar com números e a capacidade analítica são imprescindíveis.

10. GERENTE E DIRETOR DE LOGÍSTICA

Remuneração: Na gerência a faixa varia entre 12.000 reais e 16.000 reais. Para os diretores, a remuneração chega a 28.000 reais.

Quente: Mineradoras, por exemplo, têm operações em localidades remotas e precisam deslocar o material para os portos. É estratégico para elas ter um custo logístico razoável, afirma Marcelo De Lucca, diretor executivo do escritório da Michael Page no Rio de Janeiro. O salário desse profissional foi valorizado em cerca de 20% de 2004 a 2007.

Como chegar lá: Essa é uma área cuja demanda por profissionais tem sido alta há algum tempo. É essencial o domínio do processo: controle de estoque, distribuição e armazenamento.

11. GERENTE E DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES

Remuneração: Os gerentes ganham de 9.000 reais a 22.000 reais, enquanto os diretores têm salário de até 28.000 reais.

Quente: Atualmente, um dos profissionais mais valorizados do mercado, o executivo de RI se desvinculou da diretoria financeira. Muitas empresas que abriram capital foram obrigadas a formar essa mão-de-obra, afirma Felipe Rebelli, sócio-gerente da área de remuneração da consultoria Towers Perrin.

Como chegar lá: Administradores, economistas e engenheiros costumam ocupar o cargo. É essencial ter experiência em finanças e mercado de capitais. Também é recomendável MBA ou pós-graduação em instituições do Brasil ou do exterior.

12. GERENTE E DIRETOR DE TI

Remuneração: Os gerentes têm salário médio de 17.000 reais. A média de mercado para os diretores de TI é de 28.000 reais.

Quente: A área já não é tão valorizada quanto há alguns anos. Ainda assim, investir em tecnologia da informação é uma questão estratégica para bancos, operadoras de telefonia e redes de varejo. O maior desafio do executivo de tecnologia é comprovar o retorno sobre os altos investimentos que são feitos na área.

Como chegar lá: Invista em uma formação que contemple o entendimento de estratégias de negócios e desenvolva a capacidade de se relacionar com outras áreas da Organização.

13. GERENTE E DIRETOR DE COMPRAS

Remuneração: O salário de gerente é de 14.000 reais. O de diretor pode chegar a 27.000 reais.

Quente: Nas empresas que têm fornecedores no exterior, os profissionais de compras ganharam muitas oportunidades com a taxa atual de câmbio. A demanda é maior nos setores de tecnologia e eletroeletrônicos, diz Gino Oyamada, da Fesa. Há movimentação também nos segmentos que estão atualizando suas instalações industriais.

Como chegar lá: É indispensável freqüentar feiras internacionais e conhecer fabricantes de cada setor, e assim trazer para a empresa o melhor produto pelo menor preço. Disponibilidade para viajar é um atributo fundamental.

14. GERENTE E DIRETOR DE SERVIÇOS PARA O CLIENTE

Remuneração: Os gerentes recebem 15.000 e os diretores ganham em torno de 27.000 reais.

Quente: Em bancos, operadoras de telefonia e outras empresas de serviços, a palavra de ordem é fortalecer o relacionamento com os clientes. Quem faz isso é o profissional de serviços para o cliente. Empresas que antes só fabricavam produtos e adicionaram serviços às suas carteiras também requisitam o conhecimento desse especialista.

Como chegar lá: Profissionais com perfil analítico, porém que se comunicam muito bem são candidatos ideais. É fundamental conhecer as necessidades e as expectativas do cliente da sua empresa.

15. DIRETOR DE INFRA-ESTRUTURA

Remuneração: Os diretores têm salário de de até 25.000 reais.

Quente: O setor de infra-estrutura está aquecido com a perspectiva de construção de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias e precisa de diretores e gerentes capazes de gerir projetos de grande dimensão.

Como chegar lá: Associe conhecimento técnico à capacidade de gerir projetos, cumprir cronogramas e alcançar os melhores custos.

16. DIRETOR DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

Remuneração: A remuneração de um diretor de P&D pode chegar à casa dos 24.000 reais.

Quente: O Brasil quer se firmar como um pólo de pesquisa e desenvolvimento nas áreas farmacêutica, automotiva, de mineração e de tecnologia da informação. Esses segmentos disputam profissionais com visão de inovação na indústria. Muitas vezes, antes de ir para as empresas, eles passam anos desenvolvendo pesquisas nas universidades.

Como chegar lá: Escolha uma empresa que invista em pesquisa, desenvolvimento e inovação. Um exemplo é a Natura, que mais do que dobrou seu time de cientistas nos últimos três anos hoje a equipe tem 200 pessoas e investiu 110 milhões de reais nessa área em 2007.

17. GERENTE DE CONTROLADORIA

Remuneração: Um gerente recém-promovido alcança o salário de 10.000 reais, sendo que o topo da faixa salarial para o posto é de 21.000 reais.

Quente: O gestor da área de controladoria ocupa, muitas vezes, o principal cargo de finanças em multinacionais com operações pequenas no Brasil. Ele pode assumir uma função semelhante em empresa de maior porte ou conquistar, formalmente, a posição de diretor administrativo e financeiro.

Como chegar lá: Invista em um bom MBA para complementar a formação em contabilidade, administração ou engenharia.

18. DIRETOR DE QUALIDADE

Remuneração: O contracheque dos diretores normalmente fica na casa dos 20.000 reais.

Quente: Para profissionais do departamento de qualidade, o pulo-do-gato é dosar o perfeccionismo. Obtêm sucesso aqueles que equilibram busca por qualidade com praticidade e operacionalidade para cumprir prazos, custos e objetivos.

Como chegar lá: É importante estar bem informado sobre o que as empresas referência (benchmark) do setor estão fazendo. Além disso, o profissional que trabalha em qualidade tem de ter um perfil de executor.

19. GERENTE DE PROJETOS

Remuneração: Gerentes ganham de 15.000 reais a 20.000 reais.

Quente: Essa é uma carreira cujo profissional é cada vez mais requisitado por diversas grandes organizações que trabalham por projetos e outras iniciativas temporárias.

Como chegar lá: Uma maneira é buscar a certificação do Project Management Institute (PMI). Em muitas empresas, como na Chemtech, com sede no Rio de Janeiro, o certificado pelo PMI é mandatório para quem aspira um cargo de gestor.

20. GERENTE DE TESOURARIA

Remuneração: Salários entre 8.000 reais e 20.000 reais.

Quente: A remuneração dessa área teve uma valorização de 14% nos últimos três anos, segundo estimativa da consultoria Mercer. É uma função-chave dentro da área financeira das empresas, seja qual for seu segmento de atuação. A evolução natural desse profissional é chegar ao cargo de diretor administrativo e financeiro.

Como chegar lá: O mercado atual exige MBA ou pós-graduação que complemente formação em administração, economia, ciências contábeis ou engenharia.

21. GERENTE DE COMERCIO EXTERIOR

Remuneração: Salário médio de 19.000 reais.

Quente: Profissionais em alta, principalmente, no segmento de commodities agrícolas, em que o Brasil é competitivo. Para se sair bem, não basta conhecer oportunidades. É preciso conhecer o funcionamento das bolsas de commodities internacionais, para proteger a empresa de riscos, diz Gino Oyamada, da Fesa, de São Paulo.

Como chegar lá: Com capacidade de avaliar riscos em clientes estrangeiros, domínio de outras línguas e adaptação a diversas culturas.

22. GERENTE DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO

Remuneração: Gerentes ganham de 8.000 a 18.000 reais.

Quente: A necessidade de apresentar resultados práticos com olhos no futuro faz dessa área a incubadora de projetos que, um pouco mais tarde, devem ser incorporados às atividades da organização.

Como chegar lá: A controladoria é a porta de entrada para o cargo, que também requer conhecimentos gerenciais.

23. GERENTE DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

Remuneração: Os salários variam entre 8.000 e 18.000 reais.

Quente: Nos últimos três anos, segundo a Mercer, a área de planejamento viu sua remuneração subir 15%. Com a escalada na carga tributária praticada no país, esse profissional ganha projeção, já que sua atuação pode representar economias de milhões de reais. A fi gura do diretor de planejamento tributário começa a surgir em alguns setores.

Como chegar lá: Profissionais que desenvolvem a carreira em empresas de auditoria, escritórios de advocacia ou consultoria tributária são os mais procurados.

24. GERENTE DE CONTRATOS

Remuneração: 17.000 reais é o salário médio pago aos gerentes.

Quente: Em setores que organizam as atividades por projetos, como a construção civil, o gerente de contratos é responsável por planejar e organizar equipes, gerenciar recursos e supervisionar a execução da obra. A formação habitual desse profissional é de engenharia ou administração de empresas, com especialização em gerenciamento de contrato. Ele precisa de conhecimento técnico para discutir cronograma, entrega, produção, diz Fábio Mandarano, gerente da área de capital humano da consultoria Deloitte, de São Paulo.

Como chegar lá: Senso de organização, liderança, habilidade de negociação e trabalho em equipe são competências exigidas.

25. GERENTE DE TRADE MARKETING

Remuneração: Executivos recebem salários de cerca de 17.000 reais.

Quente: O gerente de trade marketing é o responsável pelo desenvolvimento de ações nos pontos-de-venda, como degustação de produtos em um hipermercado, por exemplo. A valorização dessa área nos últimos três anos foi de 14%, segundo a Mercer.

Como chegar lá: Cobra-se criatividade e capacidade de gerenciamento de projetos. Área para quem alia perfil analítico e facilidade de relacionamento.

26. GERENTE DE ESTRATÉGIA

Remuneração: Os gerentes ganham 15.000 reais em média.

Quente: Ocupa o cargo quem é capaz de conciliar visão de longo prazo e planejamento. A área vem ganhando gerências e algumas diretorias. É preciso reunir conhecimento técnico e domínio do negócio, diz Eliane Aere, diretora de recursos humanos e responsabilidade social da Ticket, empresa que faz parte do grupo Accor.

Como chegar lá: É preciso dominar o negócio, conhecer as metodologias e ter prática em construção de estratégias. Vale a pena passar por diversas áreas da organização antes de assumir esse desafio.

27. GERENTE DE DISTRIBUIÇÃO

Remuneração: A média de mercado é de 13.000 reais para gerentes.

Quente: É a parte da logística que cuida da chegada do produto ao consumidor final. Como a satisfação do cliente se tornou um mantra nas companhias, o profissional dessa área está em alta.

Como chegar lá: Mesmo que seja responsável apenas pela distribuição dos produtos para o varejo, é preciso ter boa visão de todo o processo de logística, desde o fornecimento de matéria-prima. Se a sua empresa oferece um programa de "job rotation" dentro de logística, invista seu tempo e planeje sua carreira de forma que consiga ganhar uma visão completa de todas as áreas. Assim você vai conhecer todo o processo.

28. GERENTE DE SUSTENTABILIDADE

Remuneração: O mercado paga cerca de 12.000 reais aos executivos que ocupam o cargo.

Quente: A exigência por ações de responsabilidade ambiental e social vai obrigar as empresas a destacar um gestor para a área. Por enquanto, a cadeira ainda é rara no mercado, mas as perspectivas são boas. Falta gente preparada, diz Marcelo Cardoso, vice-presidente de desenvolvimento organizacional da Natura.

Como chegar lá: Além de conhecimentos de meio ambiente, é preciso acompanhar de perto a legislação do setor. Oportunidade para biólogos, agrônomos e engenheiros florestais.

29. GERENTE REGIONAL

Remuneração: Na faixa de 10.000 reais a 12.000 reais.

Quente: Estimulada pelo crescimento econômico, empresas de consumo têm destacado executivos para comandar unidades nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Todas as grandes empresas de consumo estão contratando gerentes regionais de vendas, diz Marcelo De Lucca, da Michael Page. Com prêmios, a remuneração anual pode alcançar 200.000 reais.

Como chegar lá: É preciso ter experiência em vendas. O cargo demanda habilidade para liderar e, claro, disposição para morar nessas regiões. Pós e MBA em marketing podem ajudar.

30. GERENTE DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

Remuneração: Os salários vão de 10.000 a 12.000 reais.

Quente: As ações de cidadania empresarial se tornaram obrigatórias, mas ainda faltam especialistas no assunto. As empresas precisam de gente que entenda de legislação e políticas sociais, afi rma Fábio Mandarano, da Deloitte.

Como chegar lá: Ter experiência no setor público ou em ONGs pode ser um diferencial. Oportunidade para formados em economia e ciências sociais.

Fonte: Revista Você S.A.

Comentários

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: