dcsimg

Fernando Botero


Fernando Botero, pintor colombiano, nasceu em 19 de abril de 1932, em Medellin, Colômbia.

Em 1948, ele começou trabalho como um ilustrador. Em 1950, ele foi para Europa onde ele assistiu a Academia de San Fernando em Madrid, copiando Velázquez e Goya no prado e admirou os frescos em Florença.

Botero mudou-se para Bogotá em 1951 e realizou a sua primeira mostra internacional no Leo Matiz GaI. Partindo para Madri em 1952, estudou na Academia de San Fernando. De volta à Colômbia, lecionou na Escola de Belas Artes da Universidade Nacional.

Ficou no México em 1956-57 e a experiência de Muralismo influenciou sua futura direção. Suas obras sofreram influência do renascimento italiano, onde experimentou a criação do volume em suas obras, expandindo as figuras e comprimindo o espaço em tomo delas, uma qualidade que continua possibilitando ao pintor retratos de grupos imaginários e paródias sobre o trabalho de mestres famosos.

O artista Fernando Botero é um dos observadores mais agudos da conjuntura colombiana e é interessante notar os dois traços mais salientes de quase toda a sua obra: suas figuras são gordas e têm a boca fechada. Parecem pessoas bem enredadas em sistemas de clientelismo, no qual recebem comida em troca de seu silêncio.

Para este artista a cor é fundamental nos seus quadros porque ilumina a pintura. Nos seus quadros somente existe a forma e a cor interior também procura sempre uma certa monumentalidade.

Há quem não goste de suas pinturas e esculturas, outros tantos que vejam em sua obra uma apologia à obesidade. Mas a obra de Botero é uma releitura instigante dos ideais de beleza do Renascimento.

Conheça as obras do artista

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: