dcsimg

Invertebrados: 1. Sistema Nervoso

Prof. Janduí Amorim


Na escala evolutiva animal, o grupo acreditado como o primeiro a possuir um sistema nervoso é o filo dos Cnidários (corais, anêmonas, hidras e medusas). Os Poríferos (esponjas) - mais primitivos - não possuem sistema nervoso. Nos Cnidários, há uma rede desordenada de neurônios. E, se um pulso nervoso é desencadeado em um deles, é transmitido a todas as células que com ele se comunicam através de sinapses, e destas a outras, resultando em respostas pouco elaboradas - como os movimentos de “pulsação” em uma água viva quando está nadando. Trata-se do mais primitivo tipo de sistema nervoso, denominado Sistema Nervoso Difuso.


Sistema nervoso difuso
em Hydra

Nos invertebrados de simetria bilateral (Platelmintos, Nematelmintos, Anelídeos, Moluscos e Artrópodes) o sistema nervoso se situa na região ventral do corpo e organiza-se sob a forma de um ou mais cordões nervosos longitudinais apresentando dois ou mais gânglios nervosos, quer funcionam como centrais de comando ao longo de sua extensão. Nos possuidores de muitos gânglios nervosos, os da região anterior – gânglios cerebróides - são mais desenvolvidos e funcionam como um cérebro rudimentar que controla os demais gânglios. Este tipo de organização nervosa é chamada de Sistema Nervoso Ganglionar.


A simetria do corpo de um animal refere-se a
quantos lados simétricos ele pode formar quando
dividido por linhas imaginárias que cortam seu
corpo na região mediana. Aqueles que têm apenas
dois lados simétricos são considerados de
simetria bilateral (Platelmintos, Nematelmintos,
Anelídeos, Moluscos, Artrópodes e Cordados). Os
que formam mais de dois lados simétricos são
considerados de simetria radial (Cnidarios e
Equinodermos).
Os poríferos são majoritariamente assimétricos,
sendo alguns de simetria radial.


Nos Equinodermos, que possuem simetria radial como os Cnidários, o sistema nervoso organiza-se na forma de um anel nervoso central do qual se ramificam cordões nervoso radiais.


Sistema nervoso de estrela-do-mar:
a - cordão nervoso em anel;
b - cordões nervosos radiais.

Nos invertebrados, a partir de gânglios e cordões nervosos emanam nervos que os comunicam com as diversas partes do corpo.



Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: