dcsimg

Sistemas humanos - Sistema Digestório: 2. Quadro resumo

Cursinho Unesp Sorocaba (SP)
Digestão: quebra de macromoléculas em micromoléculas através da hidrólise, para que as moléculas menores possam ser absorvidas. Enzimas – aceleradoras do processo.

Nutrição: conjunto de processos que englobam a obtenção, a quebra, a absorção e a produção de energia. Os nutrientes podem ter função plástica, energética e reguladora.

Boca (pH 6,7 até 7,0): onde os alimentos sofrem ação dos dentes (mastigação), da língua (auxilia na deglutição e na mastigação) e da saliva (contém amilase salivar ou ptialina – acelera a digestão do amido). Ocorre a digestão parcial e a lubrificação do alimento, formando o bolo alimentar.

Amido – amilase salivar Maltose (dissacarídeo)

Faringe: pertence tanto ao sistema digestório quanto ao respiratório. Ao passar a comida a epiglote fecha o orifício de comunicação com a laringe. Da faringe o alimento atinge o esôfago.

Esôfago: Canal musculoso (atravessa o diafragma) que liga a faringe ao estômago. É nele que se iniciam os movimentos peristálticos.

Estômago (pH 0,9 a 2,0): No estômago é liberado o suco gástrico (muco-proteção), que além de HCl e H2O apresenta pepsina. Quando moléculas de proteína entram em contato com as paredes do estômago um hormônio, denominado gastrina, entra em contato com a corrente sanguínea e estimula a produção de suco gástrico.

Renina: coagulação das proteínas do leite.

Alimento transformado em quimo.

Úlceras: ferimentos profundos, normalmente com sangramento, que ocorrem devido à falta de quantidade adequada de muco.

Gastrite: inflamação do estômago, causada pela presença de glóbulos brancos na mucosa. Estes estão presentes devido à ação de alguma bactéria.

Intestino delgado: continua o processo de digestão e absorve o alimento digerido. Produz alguns hormônios importantes:
- Secretina: liberação de suco pancreático em pH abaixo de 4,5;
- Colecistoquinina: estimula a contração da vesícula biliar, na presença de gordura;
- Peptídeo inibidor da gastrina: inibe a secreção gástrica;
- Motilina: estimula a motilidade gastrointestinal.
Duodeno: principal local da digestão onde atuam os sucos provenientes do fígado (bile), pâncreas (suco pancreático) e do próprio intestino (suco entérico).

Fígado: produz a bile (não possui enzimas), que tem por função emulsificar os lipídeos para facilitar a ação da lipase e neutralizar a acidez do quimo. Além disso, o fígado armazena vitaminas e ferro,retira a glicose do sangue armazenando-a como glicogênio, degrada o álcool e destrói hemácias velhas ou anormais.

Pâncreas: libera suco pancreático para o duodeno. Neutraliza a acidez do quimo, produz por volta de 20 enzimas (pH 8,8 a 9,3), as principais são:
- Tripsina: transforma proteínas em polipeptídios menores;
- Amilase pancreática: transforma o amido em maltose (dissacarídeo);
- Lipase pancreática: transforma os lipídeos em ácidos graxos e glicerol;
- Nucleases: transformam os ácidos nucléicos em nucleotídeos.
Diversas peptidases: quebram as cadeias polipeptídicas menores liberando aminoácidos.



Suco entérico ou suco intestinal (pH 7.0): liberação controlada por reflexos nervosos locais.



Os hormônios que controlam as secreções digestivas:





>> AINDA SOBRE Sistemas humanos - Sistema Digestório

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: