dcsimg

Enem 2009 - Especial


No dia 3 e 4 de outubro, 4,5 milhões de estudantes farão o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A expectativa ainda é grande, mesmo o modelo sendo conhecido. E a prova ganhou em importância, uma vez que vai substituir o vestibular de pelo menos 21 universidades federais do país.

Com o objetivo de esclarecer os candidatos, confira o que professores especialistas disseram sobre o assunto.

Eles analisaram atentamente o simulado divulgado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão realizador do Enem, e comentaram cada uma das partes da prova. O modelo divulgado foi composto por 40 testes: dez questões de cada uma das quatro áreas que serão avaliadas em outubro - português, matemática, ciências da natureza e ciências humanas.

Segundo Sezar Sassom, coordenador de simulados do Enem do curso Anglo, a prova foi simples. "No geral, houve mais cobrança de conteúdo. As questões típicas dos anos anteriores - contextualizadas e interdisciplinares e com exemplos típicos do cotidiano - também apareceram".

 

Confira ESPECIAL ENEM 2009
 

> Apresentação

> Análise de professores

> Reta final - Guia para as provas

> Diferenças entre o velho e o novo Enem

> Perguntas frequentes

> Como as universidades usarão o novo Enem

> Como fazer uma boa dissertação (Prof. Platão Savioli, para a revista VEJA)

> Dicas para leitura de gráficos e tabelas (Profª Vera Lúcia Antunes, para a revista VEJA)

Veja ainda:

> Geografia e Física - o que cairá no Enem?

> Em Português será cobrada Gramática Aplicada

> MEC responde 14 perguntas sobre a prova do Enem

> Matemática terá peso maior no novo Enem

Créditos: INEP - Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira | Revista Veja

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: