dcsimg

Enem 2009 - Análise de professores


Português - Foi a área mais complicada do simulado. As questões traziam enunciados trabalhosos e vocabulário rico. Leitura e interpretação de texto foram privilegiadas: "Linguagem denotativa, metáforas, neologismos e alguns conceitos filosóficos são exemplos de conteúdos cobrados. Se o aluno não dominar o código da linguagem e não tiver esse repertório, será difícil resolver as questões", explica Francisco Platão Savioli, supervisor de português do Anglo.

Ciências humanas - A área, que envolve geografia e história, foi abordada de forma relativamente simples no simulado, na avaliação dos professores. Os testes do simulado seguiram um modelo: três ou quatro linhas de enunciado e alternativas fáceis, com respostas quase diretas sobre assuntos como população, cartografia, nova ordem internacional e impacto ambiental.

Desta vez, ao contrário do que acontecia em anos anteriores, tabelas, gráficos e mapas foram pouco utilizados. "Não acredito que o simulado servirá de base para as provas de outubro em ciências humanas. Os candidatos devem estudar por exames anteriores do Enem", aconselha Reinaldo Scalzaretto, supervisor de geografia do Anglo.

Matemática - Foi, ao lado de ciências da natureza, a área menos exigente do simulado. "O estudante é capaz de resolver todas as questões com muita facilidade se souber interpretar bem os textos e ler os gráficos e tabelas com eficiência", diz Glenn Van Amson, supervisor de matemática do Anglo. O conteúdo cobrado, segundo Amson, resume-se basicamente ao uso de regras de três e à capacidade de contagem de grandezas igualmente ou inversamente proporcionais.

Ciências da natureza - O setor exigiu um pouco mais de conteúdo disciplinar, como conceitos de onda e acústica, saúde pública, decomposição química e metabolismo energético. Sezar Sassom aponta falhas na elaboração de algumas questões, que traziam erros e imprecisões. Ainda assim, aposta o professor, a resolução dos problemas é relativamente simples.

 

Confira ESPECIAL ENEM 2009
 

> Apresentação

> Análise de professores

> Reta final - Guia para as provas

> Diferenças entre o velho e o novo Enem

> Perguntas frequentes

> Como as universidades usarão o novo Enem

> Como fazer uma boa dissertação (Prof. Platão Savioli, para a revista VEJA)

> Dicas para leitura de gráficos e tabelas (Profª Vera Lúcia Antunes, para a revista VEJA)

Veja ainda:

> Geografia e Física - o que cairá no Enem?

> Em Português será cobrada Gramática Aplicada

> MEC responde 14 perguntas sobre a prova do Enem

> Matemática terá peso maior no novo Enem

 

Créditos: INEP - Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira | Revista Veja

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: