dcsimg

Enem 2009 - Diferenças entre o velho e o novo


> A primeira edição do ENEM, em 1998, 157,2 mil inscritos e de 115,6 mil participantes. Em sua quarta edição, em 2001, já alcançava a marca de 1,6 milhão de inscritos e de 1,2 milhão de participantes. Uma medida importante para democratizar o ENEM foi a isenção do pagamento da taxa de inscrição para os alunos da escola pública.

A popularização definitiva do ENEM veio em 2004, quando o Ministério da Educação instituiu o Programa Universidade para Todos (ProUni) e vinculou a concessão de bolsas em IES privadas à nota obtida no Exame. No ano seguinte, o ENEM alcançava a marca histórica de 3 milhões de inscritos e 2,2 milhões de participantes. Em 2006, o ENEM estabeleceu novo recorde, com 3,7 milhões de inscritos e 2,8 milhões de participantes.

A trajetória de uma década do Exame já merece um destaque na história da educação brasileira, tão marcada por instabilidades administrativas e descontinuidades das políticas públicas. É um caso de sucesso que deve suscitar reflexões e debates.

DIFERENÇAS ENTRE O VELHO E O NOVO ENEM
  Até 2008 A partir de 2009
FORMATO 63 testes de múltipla escolha e uma redação 180 testes de múltipla escolha e uma redação
DURAÇÃO 5 horas, em um único dia Dois dias: 4 horas e meia no primeiro e 5 horas e meia no segundo dia, quando há a redação
DISCIPLINAS COBRADAS Português, geografia, história, biologia, matemática, física e química, além da redação Áreas do conhecimento: matemática, linguagens e códigos, ciências humanas e ciências da natureza, além da redação
CARACTERÍSTICAS DO EXAME Explorar as ligações interdisciplinares e o racioncínio lógico, avaliar a capacidade do aluno de resolver situações-problema e interpretar textos e imagens Interdisciplinaridade e contextualização seguem em alta, com ênfase nos conteúdos das áreas do conhecimento
DATAS Provas em agosto, e a divulgação dos resultados em novembro Provas em outubro, e a divulgação dos resultados em dezembro (testes) e janeiro (resultado final, com nota da redação)
IMPORTÂNCIA Resultado do exame era utilizado como alternativa ou complemento da nota dos vestibulares de mais de mil instituições Resultado do exame servirá como nota integral do vestibular de 22 universidades federais - no futuro, todas essas instituições devem adotar modelo
 

Confira ESPECIAL ENEM 2009
 

> Apresentação

> Análise de professores

> Reta final - Guia para as provas

> Diferenças entre o velho e o novo Enem

> Perguntas frequentes

> Como as universidades usarão o novo Enem

> Como fazer uma boa dissertação (Prof. Platão Savioli, para a revista VEJA)

> Dicas para leitura de gráficos e tabelas (Profª Vera Lúcia Antunes, para a revista VEJA)

Veja ainda:

> Geografia e Física - o que cairá no Enem?

> Em Português será cobrada Gramática Aplicada

> MEC responde 14 perguntas sobre a prova do Enem

> Matemática terá peso maior no novo Enem

Créditos: INEP - Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira | Revista Veja

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: