Introdução: 1. Introdução à Lógica

  • Data de publicação
Heidi Strecker, filósofa e educadora

Tomemos o seguinte raciocnio:

Todos os homens so mortais.
Scrates homem.
Logo, Scrates mortal.
Pois bem, este um raciocnio lgico. Os dois primeiros enunciados so as premissas e o ltimo enunciado a concluso. Os fatos apresentados (o fato de que todos os homens so mortais e o fato de que Scrates homem) servem de evidncia para a concluso. So eles que sustentam a concluso.

Mas o que lgica? Veja o que ensina a filsofa Marilena Chau:

Ao usarmos as palavras lgico e lgica estamos participando de uma tradio de pensamento que se origina da Filosofia grega, quando a palavra logos significando linguagem-discurso e pensamento-conhecimento conduziu os filsofos a indagar se o logos obedecia ou no a regras, possua ou no normas, princpios e critrios para seu uso e funcionamento. A disciplina filosfica que se ocupa com essas questes chama-se lgica.

A lgica um dos campos da filosofia, e pode ser considerada uma disciplina introdutria para qualquer estudo filosfico. Isso acontece porque a lgica lida com raciocnios e argumentos, e raciocnios e argumentos fazem parte de qualquer reflexo filosfica, seja ela no campo da teoria do conhecimento, da tica, da filosofia poltica ou da esttica.

Hoje em dia temos a lgica tradicional e a lgica matemtica ou simblica. A lgica tradicional mais simples e mais acessvel que a lgica matemtica, mas nem por isso tem menos importncia. Pelo contrrio, a lgica matemtica desenvolveu-se graas aos avanos da lgica tradicional. A base da lgica tradicional foi formulada pelo filsofo grego Aristteles e foi reelaborada durante a Idade Mdia. Na segunda metade do sculo 19 a lgica teve um enorme desenvolvimento at chegar a seu estgio atual, a lgica matemtica ou simblica.

Os estudiosos definem a lgica de diversas maneiras:

"O estudo da lgica o estudo dos mtodos e princpios usados para distinguir o raciocnio correto do incorreto." Irving Coppi

"A lgica trata de argumentos e inferncias. Um de seus propsitos bsicos apresentar mtodos capazes de identificar os argumentos logicamente vlidos, distinguindo-os dos que no so logicamente vlidos." Wesley Salmon

"A tarefa da lgica sempre foi a de classificar e organizar as inferncias vlidas, separando-as daquelas que no o so. A importncia desta organizao no deve ser subestimada, pois usam-se as inferncias (de preferncia vlidas) tanto na vida comum como nas cincias formais, sendo um exemplo a matemtica." Jesus Eugnio de Paula Assis

"Para Aristteles, a lgica a cincia da demonstrao; (...) para Lyard a cincia das regras do pensamento. Poderamos ainda acrescentar: (...) a cincia das leis ideais do pensamento e a arte de aplic-las corretamente na procura e demonstrao da verdade." Maria Lucia de Arruda Aranha e Maria Helena Pires

Estas definies tm alguma coisa em comum. Todas elas se referem a inferncias vlidas, a raciocnios corretos, a leis do pensamento. O homem sempre foi fascinado pelo pensar e pelas regras deste pensar.

Voltemos ao nosso raciocnio inicial:

Todos os homens so mortais.
Scrates homem.
Logo, Scrates mortal.

Nosso raciocnio correto. Scrates mortal! Temos trs proposies. As duas primeiras proposies servem de evidncia para a ltima. Vamos dizer isto em outras palavras: Temos duas premissas que servem de evidncia para a concluso.

Estamos estudando as relaes entre as proposies. Estamos estudando o argumento, examinando se ele vlido ou invlido. Essa a tarefa da lgica. No estamos discutindo as idias de Scrates e sua condio de homem.

Tradicionalmente a lgica foi considerada um portal de acesso ao estudo da filosofia e das cincias.Faz sentido. Discutir e argumentar faz parte do debate sobre qualquer questo. No caso das cincias, conhecer um pouco de lgica pode ser muito valioso. As cincias foram construdas usando procedimentos lgicos e o mtodo cientfico pode ser visto como lgica aplicada.

Comentários

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: