dcsimg

Cinemática: 1. Ponto Material

Prof. Ivan de Abreu Magalhães

INTRODUÇÃO

O campo da física é bem amplo, e para facilitar seu estudo, ele é dividido em várias partes ou frentes, como: Mecânica, Termologia, Óptica, Eletricidade etc.

Iremos estudar a partir de agora, a Mecânica, que estuda o movimento dos corpos, e que didaticamente, é dividida em três partes:

Cinemática - descreve o movimento por meio de equações matemáticas e de conceitos geométricos.

Dinâmica - estuda as causas e conseqüências do movimento.

Estática - estuda as condições de equilíbrio dos corpos.

Como estamos diariamente em contato com objetos em movimento, conseqüentemente usamos alguns termos e conceitos da Cinemática, mas não de forma correta, como veremos. Por isso se faz necessário explicar e definir alguns conceitos em nosso curso.

PONTO MATERIAL ou PARTÍCULA e CORPO EXTENSO

Ponto material (ou Partícula): Todo objeto onde dimensões (tamanho) são desprezíveis quando comparadas com o movimento estudado.

Corpo extenso: Todo objeto onde suas dimensões não podem ser desprezadas quando comparadas com o movimento estudado.

Obs: Na Cinemática todo objeto tem massa, independentemente de ser um ponto material ou corpo extenso, porém só os corpos extensos podem ter rotação.

Exemplos:

a) Um carro numa viagem, em comparação à estrada, tem seu tamanho desprezível, então, ele pode ser considerado um ponto material; mas quando este mesmo carro faz manobras em um estacionamento seu tamanho deixa de ser desprezível e ele passa a ser chamado de corpo extenso.



Movimento de translação da Terra em torno do Sol
b) O planeta Terra em seu movimento de translação em torno do Sol é um ponto material; mas, em seu movimento de rotação em torno de si mesmo é um corpo extenso.



Movimento de rotação da Terra


>> AINDA SOBRE Cinemática

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: