dcsimg

Temperatura: 1. Introdução

Prof. Ivan de Abreu Magalhães

Temos diariamente contato com fenômenos ligados à temperatura (térmicos) para exprimir sensações obtidas quando encostamos em um determinado objeto como: "quente", "frio", "morno", "gelado". Contudo, essa "sensação" é qualitativa e subjetiva, ou seja, depende da pessoa e não é exata (por exemplo, para um esquimó a cidade de Campos de Jordão não é "fria".

Como a sensação térmica é variável de indivíduo para indivíduo, ela não é adequada como medida da temperatura de um sistema. Para se determinar a temperatura de um objeto é necessário uma maneira independentemente das percepções sensoriais de uma pessoa e que seja quantitativa e mensurável.

Todos os corpos são constituídos por partículas (átomos ou moléculas) que estão em movimento de agitação (denominado agitação térmica), e a energia associada a este movimento é denominada energia térmica do corpo. Investigando microscopicamente um corpo, observou-se que seu estado de aquecimento depende do estado de agitação de suas partículas, tornando-o mais acentuado à medida que o corpo vai ficando mais quente.

Podemos fazer uma experiência para ilustrar os conceitos já mencionados: coloca-se uma mistura de água e serragem num recipiente de vidro, levando-o em seguida ao fogo e à medida que a água aquece, o movimento das partículas da serragem vai aumentando como também das moléculas da água.

Então concluímos nesta experiência que:

• As noções de quente e frio estão relacionadas à agitação das partículas do corpo.

• O movimento das partículas de um corpo é tanto maior quanto mais quente o corpo estiver.

• A temperatura é uma grandeza que permite determinar quantitativamente o grau de agitação térmica das partículas de um corpo ou substância.

A determinação da temperatura é feita por meio de termômetros, que são dispositivos que medem de forma indireta a temperatura (agitação térmica) das partículas de um corpo.

A medida da temperatura é indireta, pois a construção de um termômetro se baseia grandeza termométrica, ou seja, na variação regular de alguma grandeza (característica) física com a temperatura.

Algumas características físicas dos corpos variam com a mudança de sua temperatura. Exemplos: o comprimento de uma barra de metal; o volume de um líquido; a pressão de um gás a volume constante; a cor de um corpo, entre outros. Por isso há vários tipos de termômetros, pois cada um ao ser construído, se baseou em alguma grandeza termométrica.

A expressão que relaciona o valor da temperatura com o valor da grandeza termométrica é chamada equação termométrica.

Exemplos de termômetros:


Termômetro clínico

 


Termômetro clínico digital

 


Termômetro de alimentos, a laser


Termômetro de alimentos, por contato


Termômetro a laser


>> AINDA SOBRE Temperatura

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: