dcsimg

Portugal: 03. Economia


Moeda: Euro

O crescimento econômico português esteve acima da média da União Européia na maior parte da década de 1990. Estima-se que o PIB português cresça 1,2% em 2006 e 1,5% em 2007. Em julho de 2006, a taxa de desemprego era de 7,2%, abaixo da Zona Euro (7,8%) e da União Européia (8,0%).

Desde 1985, o país entrou num processo de modernização num ambiente bastante estável e juntou-se à União Européia em 1986. Os sucessivos governos fizeram várias reformas, privatizaram muitas empresas controladas pelo Estado e liberalizaram áreas-chave da economia, incluindo os setores das telecomunicações e financeiros. Portugal desenvolveu uma economia crescentemente baseada em serviços e foi um dos onze membros fundadores do Euro em 1999. Começou a circular a sua nova moeda a 1 de Janeiro de 2002 com 11 outros estados membros da UE. O país possui um elevado IDH (índice de desenvolvimento humano).

Em parte, com o recurso da União Europeia, o país fez nas duas últimas décadas investimentos avultados em várias infra-estruturas, dispondo hoje de uma extensas redes rodoviária e ferroviária.

Com um passado predominantemente agrícola, atualmente a estrutura da economia baseia-se nos serviços e na indústria, que representam 67,8% e 28,2% do VAB (Fonte: INE, 2004).

As maiores indústrias transformadoras são os têxteis, calçados, mobiliário, mármores, cerâmica e a cortiça. As indústrias modernas desenvolveram-se significativamente: refinarias de petróleo, petroquímica, produção de cimento, indústrias automobilísticas e navais, indústrias elétricas e electrônicas, maquinaria e indústrias de papel.

As oliveiras (4000 km²), os vinhedos (3750 km²), o trigo (3000 km²) e o milho (2680 km²) são produzidos em áreas bastante vastas. Os vinhos (especialmente o Vinho do Porto e o Madeira Wine) e azeites portugueses são bastante apreciados devido à sua qualidade. Outras produções são de horticultura ou floricultura, como a beterraba doce, óleo de girassol e tabaco.

A cortiça tem uma produção bastante significativa: Portugal produz metade da cortiça produzida no mundo. Recursos minerais significativos são o volfrâmio, o estanho e o urânio.

Lisboa é a cidadade mais rica de Portugal, com um PIB superior ao da União Européia.

>> AINDA SOBRE Portugal

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: