dcsimg

Portugal: 10. Relevo



Serra da Estrela
Portugal é um prolongamento das formações montanhosas da Península Ibérica. Na sua fisionomia distinguem-se dois tipos de relevo: a Sul e a Norte do rio Tejo.

A Norte, o relevo é mais acidentado, sendo o terreno escarpado e cortado por vales profundos. A erosão decorrente de fenômenos atmosféricos esculpiu as elevações de terreno, dando-lhes um cunho distinto das da paisagem espanhola.

Entre os rios Minho e Douro estende-se uma cadeia montanhosa, que se ramifica até a linha da costa. Entre o Douro e o Tejo elevam-se os picos mais elevados, a Serra do Marão e a Serra da Estrela (1993 m).

A Sul do Tejo, aparecem as terras mais uniformes, de escasso relevo e pantanosas. A vegetação predominante nesta região limita-se a plantas e arbustos ou a árvores mediterrâneas (sobreiros, azinheiras, figueiras e oliveiras).

A rede hidrográfica é rica, ganhando importância rios nascidos na Espanha, como os rios Minho, Douro, Tejo e Guadiana que desaguam no Oceano Atlântico. As fozes do Douro e do Tejo constituem importantes ancoradouros, tendo garantido à nação portuguesa uma importante plataforma natural para uma existência vocacionada ao comércio.



>> AINDA SOBRE Portugal

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: