dcsimg

Povos da Mesopotâmia: 3. Os acadianos

Equipe Passeiweb

Governante acádio, bronze
Museu de Bagdá
Grupos de nômades, vindos do deserto da Síria, começaram a penetrar nos territórios ao norte das regiões sumerianas. Conhecidos como acadianos, dominaram as cidades-estados da Suméria por volta de 2550 a.C. Um ponto fraco dos Sumérios, foi as constantes guerras pelo poder da região. Isso abriu caminho para os acadianos se fortalecerem.

Comandados pelo rei Sargão I, as cidades sumérias foram conquistadas, ele conseguiu unificar politicamente o centro e sul da Mesopotâmia, dando origem ao primeiro império mesopotâmico, que expandiu desde o Golfo Pérsico até o norte da Mesopotâmia. Infiltraram-se nas cidades-Estado sumérias, até conquistar Kish. Estabeleceram Akad como cidade hegemônica e ampliaram seu domínio sobre a Mesopotâmia meridional, Elam e parte da Ásia Menor, formando os Estados de Isin, Larsa e Babilônia.

Com essas expansões, Sargão I, tornou-se conhecido como "o soberano dos quatro cantos da terra". Com a união desses povos (do império acadiano junto com a cultura sumeriana), o resultado foi notado na escrita, com destaques para os registros da nova língua, semítica, junto com caracteres cuneiforme.

Na política, os acadianos criam um Estado centralizado e avançam na arte militar. Desenvolvem a tática do deserto, com armamento leve, como o venábulo (lança), e grande mobilidade. Na religião, politeísta, estabelecem novos deuses e passam a divinizar também o rei. Construíram monumentais palácios ao lado dos templos sumérios.

Avançaram na arte militar, com tropas de grande mobilidade no deserto e armamentos leves, como o venábulo (lança). Deram forma silábica à escrita cuneiforme e transcreveram obras literárias sumérias.

Assim como os Sumérios, as revoltas internas ajudaram a enfraquecer o governo que em 2100 a.C., desapareceu após as invasões dos gutis, povos asiáticos das montanhas da Armênia.

>> AINDA SOBRE Povos da Mesopotâmia

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: