dcsimg

Estilos Literários: 05. Arcadismo

Colaboração: Bartolomeu Amâncio da Silva (Prof. Bartô)

Palácio dos Condes de Pombeiro, (hoje Embaixada
da Itália), onde se reunia a Nova Arcádia.
O Arcadismo teve início em 1756 com a fundação da Arcádia Lusitana, entidade que reuniam artistas para discutir sobre artes. Foi uma nova fase na etapa literária, em termos de criação, e uma nova fase no setor doutrinário.

A palavra Arcadismo relaciona-se, na mitologia clássica, com o pastoreio e a vida bucólica. Existia na Grécia uma região montanhosa chamada Arcádia que os poetas antigos transformaram em "morada dos pastores". No século XVIII, quando se inicia a reação contra os exageros do Barroco, os poetas resolveram chamar de Arcádia as agremiações que se reuniam para esse fim. Visavam a restauração da simplicidade e da sobriedade da poesia greco-latina e renascentista.

Nas reuniões das arcádias, a disciplina era a idéia dominante. Além de pseudônimos pastoris, extraídos várias vezes da literatura ou da mitologia clássicas, os poetas-pastores adotavam uma série de convenções e temas:

Inutilia truncat (cortar o inútil) ― rejeição radical do estilo e espírito barrocos.

Fugere urbem (evitar a cidade, fugir da civilização) ― busca do equilíbrio e da naturalidade, no contato com a natureza.

Aurea mediocritas (dourada mediania, meio termo de ouro) ― Exaltação da virtude, da humildade, do comedimento. Seus heróis não se caracterizam pela força, são pastores anônimos e felizes.

Locus amoenus (lugar ameno, natureza aprazível) ― a natureza é o cenário. Natureza artificial composta pelo poeta para servir de moldura aos suaves idílios de pastores e pastoras.

Carpe diem (aproveita o dia) ― Fugacidade do tempo. Consciência da brevidade da vida. O poeta convida a aproveitar o momento presente.

A afetação, fingimento, convencionalismo. Poesia pouco expressiva e insípida.

O objetivismo. Neutralização da individualidade do poeta, pois recorria a emoções genéricas que dissolviam suas emoções.

A restauração das regras clássicas. Regras do Renascimento são restauradas através de Horácio.

A simplicidade, clareza e equilíbrio. Emprego moderado de figuras de linguagem. Prevalece a metonímia e a ordem direta da frase. Períodos mais curtos, correção gramatical, purismo, vernaculidade.

A retomada dos ideais clássicos. o Belo, o Bem, a Verdade e a Perfeição. A arte como imitação da natureza (mímese aristotélica).

O pastoralismo, bucolismo. Ideal de vida simples, junto à natureza (locus amoenus).

O estilo rococó. Culto sensual da beleza, a afetação, a frivolidade, a lascívia e o intimismo representam a saturação do espírito neoclássico.

>> AINDA SOBRE Estilos Literários

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: