Dicas: 6. Dez dicas para uma boa escrita

  • Data de publicação
Olavo Avalone Filho, educador e jornalista

Texto baseado na obra Falar é fácil, escrever também!, de autoria do educador e jornalista Olavo Avalone Filho. Para obter mais informações sobre o livro ou adquiri-lo, clique AQUI.

1. Antes de começar a escrever, tenha claro o que você quer comunicar e para quem. E use a linguagem apropriada, de acordo com a necessidade do texto:

• descritiva (descreve atendo-se aos fatos)
• explicativa (“troca em miúdos” a informação)
• opinativa (atribui ao fato juízo de valor)

02. Escreva para os olhos do leitor tendo em vista as referências dele, não as suas.
Para isso, vale praticar o “exercício do espelho”, isto é, escrever pensando sempre no destinatário da mensagem, o qual deve entender com clareza o que você quer comunicar.

03. Construa seu texto com simplicidade e objetividade, seguindo uma ordem lógica com começo, meio e fim.
O texto objetivo pode ser elaborado com base nestes três passos:
• introdução
• desenvolvimento
• conclusão

04. Uma boa “fórmula” = sujeito, verbo, predicado + o quê, quem, quando, onde, como, por quê.
A boa comunicação começa pela estrutura simples da frase (sujeito, verbo e predicado) e avança com o emprego da técnica do lide, que consiste em compor o texto com respostas a 6 perguntas relacionadas ao tema: o quê, quem...

05. Construa sentenças nem tão curtas nem tão longas, na ordem direta, e com o mínimo necessário de pontuação.
Esta dica se aplica ao texto factual, objetivo. Quanto à vírgula e outros sinais de pontuação, vale usar o mínimo, mas lembre que quem comanda isso é a sintaxe.

06. Comece com os “finalmente” já no primeiro parágrafo, e depois vá desenvolvendo os “entretanto”.
Logo no início, revele para o leitor a sua proposta: o que é e a que vem. Depois, na construção do texto, siga os passos do lide. E conclua a redação ligando o fim ao começo.

07. Desenvolva o seu escrito com frases e períodos interligados, “amarrando” fatos e argumentos.
Na elaboração do texto, os conteúdos devem serelacionar. A frase seguinte se liga à anterior e, assim, a linha de raciocínio flui para uma conclusão.

08. Escreva na medida certa da comunicação, ou seja, sem economizar palavras, mas também sem “encher linguiça”.
E vale evitar vícios de linguagem, como redundância (“encarar de frente”), gerundismo (“vou estar agendando”) e outros, que empobrecem a qualidade textual.

09. Ao escrever, seja sempre ético e atente para o direito autoral, que é sagrado.
É fundamental respeitara autoria de ideias, conceitos e afirmações de outras pessoas, vivas ou mortas, especialmente ao usar a internet, em que copiar-colar é tão fácil!

10. Ao concluir sua redação, revise cuidadosamente o que escreveu, para ver se não escapou nenhum “gato”.
Enquanto escreve, e durante a conferência do texto, tenha sempre à mão uma gramática de respeito e um bom dicionário. Consulte-os sempre.

DICA EXTRA
Para escrever bem, vale ainda ler muito, e sempre, bons autores e textos de qualidade!

Veja ainda, de Olavo Avalone Filho, "Dez pegadinhas pedagógicas".



>> AINDA SOBRE Dicas

Comentários

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: