dcsimg

Questões: Libertinagem, de Manuel Bandeira - 2


6. (FUVEST) Assinale a afirmativa incorreta em relação à Libertinagem, de Manuel Bandeira:

(A) De modo geral, pode-se identificar dois gritos libertadores na obra: um contra a melancolia e o outro contra os padrões da arte tradicional, conforme ilustram, respectivamente, “Não sei dançar” e “Poética”.
(B) As reminiscências de infância são associadas freqüentemente à vivência harmoniosa com parentes, amigos e à sensação de plena proteção. Esse passado acolhedor é revelado especialmente em “Evocação de Recife”.
(C) A postura irreverente, bem humorada, ao gosto dos modernistas de primeira fase, é manifestada também nos poemas lírico-amorosos, como é o caso de “Teresa” e “Madrigal tão engraçadinho”.
(D) Em O último poema, a expressão combativa, de caráter agressivo, presente em Poética, é substituída por uma postura de serenidade reflexiva em relação à produção literária.
E) A temática da morte iminente revela a inclusão de vivências pessoais na obra, o que muitas vezes é responsável pela manifestação de uma melancolia incurável, e propensão à autopiedade. Pneumotórax e Não sei dançar indicam essas tendências.


7. (FUVEST) Leia o poema a seguir.

Poema retirado de uma notícia de jornal

João Gostoso era carregador de feira-livre e morava no morro
[da Babilônia num barracão sem número.
Uma noite ele chegou no bar Vinte de Novembro
Bebeu
Cantou
Dançou
Depois se atirou na Lagoa Rodrigo de Freitas e morreu afogado.
(Libertinagem, Manuel Bandeira)

Leia as afirmações a respeito dos versos de Manuel Bandeira:

I. A originalidade e o aspecto inovador do poema são expressos especialmente por meio do tom de prosa narrativa e pela síntese de linguagem que faz lembrar o texto jornalístico.
II. O título do poema denuncia a intenção de se registrar de modo sucinto, objetivo e impessoal uma notícia.
III. Adotando o princípio modernista de que a arte deve ater-se ao cotidiano simples, banal, o poema focaliza um episódio corriqueiro relativo a uma única pessoa.

Pode-se afirmar que:

(A) todas as afirmações são corretas.
(B) somente a afirmação I é correta.
(C) somente as afirmações I e II são corretas.
(D) somente as afirmações I e III são corretas.
E) somente as afirmações II e III são corretas.


8. (PU(C)
Evocação do Recife

"Recife morto, Recife bom, Recife brasileiro como a casa de
[meu avô." (Manuel Bandeira)

Irene no céu

"Irene preta
Irene boa
Irene sempre de bom humor."
(Manuel Bandeira)

Considerando os dois fragmentos acima, pode-se afirmar que:

(A) a disposição horizontal do primeiro é mais poética que a vertical do segundo.
(B) o procedimento anafórico, como recurso poético, apenas existe no primeiro.
(C) o ritmo poético existe, mas está presente só em "Irene no céu".
(D) a presença de recursos estilístico-poéticos marca igualmente ambos os textos.
E) o primeiro é prosaico e o segundo é poético.


9. (FUVEST) Macumba de Pai Zusé

Na macumba do Encantado
Nego véio pai de santo fez mandinga
No palacete de Botafogo
Sangue de branca virou água
Foram vê estava morta!
(Libertinagem, Manuel Bandeira)

É correto afirmar que, neste poema de Manuel Bandeira,

(A) emprega-se a modalidade do poema-piada, típica da década de 20, com o fim de satirizar os costumes populares.
(B) usam-se os recursos sonoros (ritmo e metro regulares, redondilha menor) para representar a cultura branca, e os recursos visuais (imagens, cores), para caracterizar a religião afro-brasileira.
(C) mesclam-se duas variedades lingüísticas: uma que se aproxima da língua escrita culta e outra que mimetiza uma modalidade da língua oral, popular.
(D) manifesta-se a contradição entre dois tipos de práticas religiosas, representadas pelas oposições negro x branco, macumba x pai de santo, nego véio x Encantado.
E) expressa-se a tendência modernista de encarar a cultura popular como manifestação do atraso nacional, a ser superado pela modernização.


10. (PUC 2002) Das alternativas abaixo, indique a que não condiz com as características presentes em Libertinagem, obra poética de Manuel Bandeira:

(A) Poesia marcada por biografismo e história de vida.
(B) Presença de forte dicção parnasiano-simbolista caracterizada por rigor formal.
(C) Obra de experimentação, caracterizada por liberdade vital e estética.
(D) Interiorização cada vez mais profunda dos vultos familiares.
E) Registro de imagens brasileiras presentes em poemas como Evocação do Recife e Cunhatã.

1    23  4  5  6  

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: