dcsimg

Questões: São Bernardo, de Graciliano Ramos - 4


16. (UNIOESTE) Sobre o romance São Bernardo, de Graciliano Ramos, numa visão geral de fatos, personagens, características e estrutura, todas as afirmativas abaixo são procedentes, EXCETO:

A) o romance é narrado em terceira pessoa.
B) predomina no romance o monólogo interior.
C) Paulo Honório não vê propriamente a natureza, pois repara apenas nas coisas que lhe pudessem ser rendosas.
D) tudo o que em São Bernardo é tenebroso, inumano e doloroso é durante a noite que se forja, acontece ou se realiza.
E) a coruja, que antes tinha atuado como prenúncio da morte de Madalena, virá a ser depois a voz que trará à mente de Paulo Honório a lembrança da tragédia, que tão duramente o persegue.


17. (UFAM) Seu protagonista é Paulo Honório, personagem monolítico, preocupado apenas com a conquista de uma propriedade, seja ela a terra de uma fazenda, seja a sua própria mulher, Madalena. Esse romance de empenhada exploração psicológica, enquadrado no ciclo do romance nordestino, segunda fase do Modernismo brasileiro, é:

A) São Bernardo, de Graciliano Ramos
B) Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa
C) Terras do Sem-Fim, de Jorge Amado
D) Fogo Morto, de José Lins do Rego
E) O Quinze, de Rachel de Queiroz


18. (UFAM) Observe os trechos abaixo, reproduzidos de livros de Graciliano Ramos:

I. D. Glória gostava de conversar com Seu Ribeiro. Eram conversas intermináveis, em dois tons: ele falava alto e olhava de frente, ela cochichava e olhava para os lados. Quando me via, calava-se.

II. Julião Tavares entrava no café. Ia sentar-me longe dele, voltava-lhe as costas, mas examinava o espelho coberto de letras brancas. Afetava desprezo, aparentemente ignorava a existência do homem.

III. À beira do riacho, topei a velha Margarida sentada numa pedra, lavando as canelas finas como gravetos.
Boa tarde, mãe Margarida.
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo, respondeu a negra procurando reconhecer-me com o nariz e com a orelha.

IV. Dirigi-me a alguns amigos, e quase todos consentiram de boa vontade em contribuir para o desenvolvimento das letras nacionais. Padre Silvestre ficaria com a parte moral e as citações latinas; João Nogueira aceitou a pontuação, a ortografia e a sintaxe; prometi ao Arquimedes a composição tipográfica; para a composição literária convidei Lúcio Gomes de Azevedo Gondim, redator e diretor do Cruzeiro.

V. Foi assim que vi Marina entre as pestanas meio cerradas, como Berta me aparecia. As nádegas cresciam monstruosamente – e eu mal podia respirar. Se D. Adélia e Vitória viessem ali, veriam aquela armada: Marina despida, curvada para a frente, mostrando um traseiro enorme.

Pertencem ao romance São Bernardo:

A) I, II e V
B) I, III e IV
C) II, III e V
D) I, IV e V
E) II, III e IV

1  2  3    4

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: