Historia 5


01. (FUVEST) Sobre o governo de Juan Domingo Perón (1946 - 1955) na Argentina, podemos afirmar que:
  • (A) recebeu expressivo apoio da parte importante da classe trabalhadora, ainda que não lhe tenha concedido benefícios concretos.
  • (B) foi um governo com uma retórica nacionalista, que recebeu dos "descamisados" importante sustentação política.
  • (C) deslocou o centro das atenções políticas para a figura carismática de Eva Perón, assumindo o presidente uma postura discreta e secundária.
  • (D) foi um governo ditatorial, pois fechou o Congresso e colocou os partidos políticos na ilegalidade.
  • (E) buscou persistentemente, no plano internacional, uma aliança com os Estados Unidos.
02. (UNIRIO) O declínio das estruturas políticas, econômicas e sociais do Estado Oligárquico da América Latina acarretou o(a)
  • (A) fortalecimento econômico dos segmentos agroexportadores.
  • (B) surgimento do ideário e das práticas populistas.
  • (C) enfraquecimento da representatividade dos partidos políticos.
  • (D) hegemonia política das oligarquias regionais.
  • (E) proibição da representação e das associações de trabalhadores em organizações sindicais.
03. (FGV) A gestão do presidente Eurico Gaspar Dutra foi marcada pela adoção de medidas que visavam à modernização das instituições político-administrativas. Entre essas mudanças, pode ser destacada
  • (A) a aprovação de uma nova Constituição que, embora seguisse princípios liberais e democráticos, mantinha a proibição ao direito de voto das mulheres.
  • (B) a aproximação com a União Soviética, em função do enorme prestígio dos parlamentares ligados ao PCB.
  • (C) a extinção do corporativismo, com a regulamentação de centrais sindicais livres da tutela do Estado.
  • (D) a implantação de um plano de metas (Plano Salte) que visava atender às necessidades da industrialização e do abastecimento doméstico.
  • (E) a recusa de participação na Organização dos Estados Americanos (OEA), por considerá-la um instrumento de consolidação da hegemonia norte-americana na América Latina.
04. (FUVEST) A partir da Segunda Guerra Mundial e até 1960, o Brasil, a exemplo de outros países do denominado "Cone Sul", teve sua história marcada por um processo de modernização caracterizado
  • (A) pela criação de uma política desenvolvimentista baseada em um processo de industrialização associado aos capitais estrangeiros.
  • (B) pela organização de políticas de moldes socialistas que ocasionaram a fuga de capitais estrangeiros.
  • (C) pela elaboração de uma política populista, caracterizada por uma intensa reforma agrária, levando a um processo de crescimento do mercado interno.
  • (D) pelo surgimento de governos militares de regime ditatorial instalados para frear a expansão de movimentos socialistas.
  • (E) pela preservação de uma política oligárquica e de caráter nacionalista, responsável por um desenvolvimento industrial contrário aos interesses norte-americanos.
05. (UFIS) Com a vitória do general Dutra nas eleições presidenciais têm início a República Populista, que:
  • (A) utilizando das bases criadas por Getúlio Vargas, eliminou a ditadura, fato que não significou a eliminação do autoritarismo.
  • (B) implantou a democracia plena no país, garantindo a liberdade de organização e expressão.
  • (C) possibilitou maior participação popular no processo político, com a legalização do Partido Comunista.
  • (D) criou o sindicalismo independente, eliminando a estrutura pelega criada por Vargas no período anterior.
  • (E) adotou uma política externa de equilíbrio, promovendo maior independência do Brasil frente aos EUA.
06. (UNESP) Juscelino Kubitschek (1956 - 1960) se propôs a fazer o Brasil crescer "cinqüenta anos em cinco". Para tanto, fazia parte do Plano de Metas do seu governo:
  • (A) consolidar as atividades industriais no país, nacionalizando as companhias de energia e transporte.
  • (B) construir Brasília para facilitar o acesso às plantações de algodão e áreas de mineração do Brasil central.
  • (C) desenvolvimento da indústria de bens de consumo duráveis, com a utilização exclusiva de capital nacional, pois o governo queria evitar o endividamento externo.
  • (D) investimento em larga escala de capital estrangeiro na agricultura, pois acreditava-se na vocação agrícola da economia brasileira.
  • (E) desenvolvimento de setores básicos, como transporte, energia e indústria, facilitando para isso a entrada de capital estrangeiro no país.
07. (UFMG) Sobre a situação econômica de Cuba, na conjuntura atual, pode-se afirmar que:
  • (A) a Rússia e os países do Leste Europeu continuam a ser os principais parceiros comerciais de Cuba.
  • (B) Cuba atravessa uma fase de graves problemas econômicos, relacionados, principalmente, com a falta de produtos básicos.
  • (C) Cuba mantém a sua economia fechada para os investimentos privados de países capitalistas.
  • (D) os Estados Unidos suspenderam o bloqueio econômico sobre Cuba, em decorrência do fim da Guerra Fria.
  • (E) Cuba tem a sua economia aberta para os investimentos privados de países capitalistas.
08. (FATEC) Em 25 de agosto de 1961, quando da renúncia de Jânio Quadros, os ministros militares acharam conveniente à segurança nacional a posse do então vice-presidente João Goulart, que se encontrava, na época, no estrangeiro. Temendo o surgimento de uma guerra civil ou de um golpe militar, o Congresso, para contornar essa crise, resolveu aprovar um Ato Adicional à Constituição de 1946, com o intuito de diminuir os poderes do novo presidente. Através desse Ato Adicional
  • (A) implantou-se o sistema parlamentarista de governo.
  • (B) admitiu-se a pena de morte para os casos de subversão.
  • (C) surgiu a Revolução de 1964.
  • (D) o Congresso entrou em recesso e estabeleceu o Ato Institucional n° 5.
  • (E) o vice-presidente não seria mais considerado presidente do Congresso Nacional.
09. (MACKENZIE) O presidente acusava as misteriosas "forças ocultas" como responsáveis pelo seu ato. Hoje, há poucas dúvidas de que a renúncia fazia parte de uma estratégia golpista. Minoritário no Congresso, criticado duramente por Carlos Lacerda, o presidente esperava voltar nos braços do povo, fato que não se confirmou.

Através, identifique o acontecimento histórico em questão.
  • (A) Suicídio do presidente Getúlio Vargas.
  • (B) Impeachment do presidente Collor de Mello.
  • (C) Queda do governo Goulart.
  • (D) Deposição de Carlos Luz.
  • (E) Renúncia de Jânio Quadros.
10. (UFPE) Sobre o governo do presidente Jânio Quadros, identifique a afirmação incorreta.
  • (A) Sua renúncia gerou uma crise política, assumindo a Presidência da República o presidente da Câmara dos Deputados, Ranieri Mazzilli.
  • (B) Afonso Arinos, então ministro das Relações Exteriores, procurou estabelecer uma política externa independente dos Estados Unidos.
  • (C) Sua política externa buscou um relacionamento mais intenso com os países socialistas.
  • (D) Durante seu governo foram estabelecidas as relações diplomáticas com a União Soviética.
  • (E) Sua política externa de governo foi totalmente apoiada pelo governo dos Estados Unidos da América.



Mais simulados de Historia

Comentários

[ X ]
Resultado

Você acertou 0 de 0 questões

0

[ Veja a resposta correta de cada questão ]

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: