Português - Literatura 3


01. (UFSM-RS) O poema épico O Uraguai, de Basílio da Gama, é uma:

(A) composição que narra as lutas dos índios de Sete Povos das Missões, no Uruguai, contra o exército espanhol, sediado lá para pôr em prática o Tratado de Madri.
(B) das obras mais importantes do Arcadismo no Brasil, pois foi a precursora das Obras Poéticas de Cláudio Manuel da Costa.
(C) exaltação à terra brasileira, que o poeta compara ao paraíso, o que pode ser comprovado nas descrições, principalmente do Ceará e da Bahia.
(D) crítica a Diogo Álvares Correia, misto de missionário e colono português, que comanda um dos maiores extermínios de índios da história.
(E) exaltação à índia Lindóia, que morre após Diogo Álvares decidir-se por Moema, que ajudava os espanhóis na luta contra os índios.

02. (UFU-MG) Sobre Iracema, de José de Alencar, podemos dizer que:

1) as cenas de amor carnal entre Iracema e Martim são de tal forma construídas que o leitor as percebe com vivacidade, porque tudo é narrado de forma explícita.
2) em Iracema temos o nascimento lendário do Ceará, a história de amor entre Iracema e Martim e as manifestações de ódio das tribos tabajara e potiguara.
3) Moacir é o filho nascido da união de Iracema e Martim. De maneira simbólica ele representa o homem brasileiro, fruto do índio e do branco.
4) a linguagem do romance Iracema é altamente poética, embora o texto esteja em prosa. Alencar consegue belos efeitos lingüísticos ao abusar de imagens sobre imagens, comparações sobre comparações.

Assinale:

(A) se apenas 2 e 4 estiverem corretas.
(B) se apenas 2 e 3 estiverem corretas.
(C) se 2, 3 e 4 estiverem corretas.
(D) se 1, 3 e 4 estiverem corretas.
(E) nda

03. (UFRS-RS) Leia o texto abaixo.

................... é um tema dominante na poesia ................... de cunho romântico no Brasil; nela, a mulher é freqüentemente ................... sob o olhar apaixonado do poeta, que usa ................... como termo de comparação capaz de expressar a intensidade dos seus sentimentos.

Assinale a alternativa que preenche adequadamente as lacunas desse texto.

(A) O amor — nacionalista — homenageada — a religião
(B) A pátria — sentimental — martirizada — o mito
(C) O amor — intimista — idealizada — a natureza
(D) A infância — histórica — divinizada — a Idade Média
(E) A morte — nacionalista — humilhada — a música

04. (UNOPAR-PR) A linguagem de seus poemas é marcada por um vocabulário antipoético: escarro, verme, morcego, etc. Seus temas preferidos são a ingratidão do ser humano, a putrefação dos cadáveres. São dele os famosos versos: “a mão que afaga é a mesma que apedreja”. Trata-se de:

(A) Augusto dos Anjos
(B) Luís Vaz de Camões
(C) Vicente de Carvalho
(D) Vinicius de Moraes
(E) Manuel Bandeira

05. (UFSM-RS) Leia o soneto a seguir:

Psicologia de um vencido
Eu, filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigênesis da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.


Profundissimamente hipocondríaco,
Este ambiente me causa repugnância…
Sobe-me à boca uma ânsia análoga à ânsia
Que se escapa da boca de um cardíaco.


Já o verme — este operário das ruínas —
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e à vida em geral declara guerra,


Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E há-de deixar-me apenas os cabelos,
Na frialdade inorgânica da terra!

Augusto dos Anjos, Eu, Rio de Janeiro, Livr. São José, 1965.

A partir desse soneto, é correto afirmar:

I. Ao se definir como filho do carbono e do amoníaco, o eu lírico desce ao limite inferior da materialidade biológica pois, pensando em termos de átomos (carbono) e moléculas (amoníaco), que são estudados pela Química, constata-se uma dimensão onde não existe qualquer resquício de alma ou de espírito.
II. O amoníaco, no soneto, é uma metáfora de alma, pois, segundo o eu lírico, o homem é composto de corpo (carbono) e alma (amoníaco) e, no fim da vida, o corpo (orgânico) acaba, apodrece, enquanto a alma (inorgânica) mantém-se intacta.
III. O soneto principia descrevendo as origens da vida e termina descrevendo o destino final do ser humano; retrata o ciclo da vida e da morte, permeado de dor, de sofrimento e da presença constante e ameaçadora da morte inevitável.

Está(ão) correta(s)

(A) apenas II
(B) apenas III
(C) apenas I e II
(D) apenas I e III
(E) apenas II e III

06. (UFSM-RS) Leia os versos de Raimundo Correia e considere as afirmativas que se seguem:

Vai-se a primeira pomba despertada…
Vai-se outra mais… mais outra… enfim dezenas
De pombas vão-se dos pombais, apenas
Raia a sangüínea e fresca madrugada…


I. As rimas finais são intercaladas.
II. A estrofe é marcada por aliterações e assonâncias.
III. Os versos são decassílabos, à exceção do segundo que é alexandrino.

Está(ão) correta(s):

(A) apenas I
(B) apenas II
(C) apenas I e II
(D) apenas II e III
(E) I, II e III

07. (UFRS-RS) Leia as afirmações abaixo sobre os romances O Guarani e Iracema, de José de Alencar.

I. Em O Guarani, tanto a casa de Mariz, representante dos valores lusitanos, quanto os Aimorés, que retratam o lado negativo da terra americana, são destruídos.
II. Em Iracema, a guardiã do “segredo da Jurema” abandona sua tribo para seguir Martim, o homem branco por quem se apaixonara.
III. Em O Guarani e Iracema, as personagens indígenas — Peri e Iracema — morrem em circunstâncias trágicas, na certeza de que serão vingadas.

Quais estão corretas?

(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e II.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.

08. (PUC-SP) O conto A Cartomante integra a obra Várias Histórias, de Machado de Assis. Dele é incorreto afirmar que:

(A) se desenvolve a partir da afirmação de Horácio de que há mais coisas no céu e na terra do que sonha a nossa filosofia.
(B) apresenta um triângulo amoroso no qual Rita, casada com Vilela, o trai com o amigo Camilo.
(C) caracteriza a personagem feminina como uma dama formosa e tonta e mostra-a insinuante como uma serpente.
(D) apresenta um final feliz já que a previsão da cartomante sobre o amor dos dois realiza-se plenamente.
(E) se trata de uma narrativa tradicional com estrutura bem definida, conduzindo a história para um clímax inesperado, o chamado elemento surpresa.

09. (UEPA-PA) Sobre Alphonsus de Guimaraens, afirma Alfredo Bosi, na História Concisa da Literatura Brasileira, “… foi poeta de um só tema: a morte da amada”.
Essa obsessão faz a natureza cúmplice permanente de suas dores, como se vê na seguinte estrofe desse poeta:

(A) “Ontem, à meia-noite, estando junto
A uma igreja, lembrei-me de ter visto
Um velho que levava às costas isto:
Um caixão de defunto.”


(B) “Espectros que têm voz, sombras que têm tristezas
Perseguem-me: e acompanho os apagados traços
De semblantes que amei fora da natureza.”


(C) “E o sino canta em lúgubres responsos
Pobre Alphonsus! Pobre Alphonsus!”


(D) “O olhar feto no chão, como desfeito
Em sangue, o velho, sem me olhar segura,
E ouvir-lhe a única frase que dizia:
Vou levando o meu leito.”


(E) “Hão de chorar por ela os cinamomos
Murchando as flores ao tombar do dia.
Dos laranjais hão de cair os pomos,
Lembrando-se daquela que os colhia.”


10. (UFRS-RS) Leia o trecho abaixo, do conto Um homem célebre:

“A fama do Pestana dera-lhe definitivamente o primeiro lugar entre os compositores de polcas; mas o primeiro lugar da aldeia não contentava a este César, que continuava a preferir-lhe, não o segundo, mas o centésimo em Roma.”

Assinale a resposta correta, tendo em perspectiva o conto referido:

(A) O narrador insinua que Pestana aspira a compor uma obra clássica.
(B) A alusão metafórica a César aponta para o anseio de poder político da personagem.
(C) Preferir o centésimo lugar em Roma significa o desejo da personagem de residir naquela cidade.
(D) Ter obtido “o primeiro lugar entre os compositores de polcas” corresponde ao ideal artístico de Pestana.
(E) A identificação com César remete a uma sintonia de Pestana com os ideais imperialistas.



Mais simulados de Português

Comentários

Siga-nos:

Confira no Passeiweb

  • O primeiro voo do Homem no espaço

    Em 12 de abril de 1961 o homem decolava, pela primeira vez, rumo ao espaço. Em 2011, no aniversário de 50 anos deste fato, ocorreram comemorações no mundo inteiro e, principalmente, na Rússia.
  • Tsunami

    Tsunami significa "onda gigante", em japonês. Os tsunamis são um tipo especial de onda oceânica, gerada por distúrbios sísmicos.
 

Instituições em Destaque

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo:
 
 
 
-

Notícias e Dicas - Vestibular

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas do Vestibular e dicas de estudo: