dcsimg

Adiado o prazo para pagamento de taxa; inscrições terminaram nesta 6ª


A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) encerrou nesta sexta (21) as inscrições o vestibular 2008, mas estende o prazo para o pagamento da taxa, que custa R$ 105,00. Os candidatos que já se inscreveram por meio do formulário disponível no site da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares), poderão fazer o pagamento da taxa até segunda-feira (24).

O Kit do Vestibulando 2008 (Manual do Candidato e Revista do Vestibulando) está disponível exclusivamente no site da Comvest e é gratuito. Nele, os candidatos encontram informações sobre o processo de inscrição, as provas, os critérios de classificação e os cursos oferecidos.

Provas

A primeira fase do vestibular 2008 da Unicamp será realizada no dia 18 de novembro, com uma prova que inclui a redação e 12 questões discursivas de matemática, física, química, biologia, história e geografia.

A segunda fase será aplicada entre 13 e 16 de janeiro de 2008, com oito provas dissertativas das disciplinas obrigatórias do núcleo comum do ensino médio: língua portuguesa e literatura, ciências biológicas; química, história; física, geografia; matemática e inglês.

A Unicamp manteve a mesma relação de obras literárias do ano passado. Confira quais são.

As provas de aptidão acontecem em Campinas e Piracicaba, entre os dias 21 e 24 de janeiro de 2008. A Comvest divulga a primeira lista de aprovados no dia 7 de fevereiro. A matrícula destes convocados acontece em 12 de fevereiro.

Os exames serão realizados simultaneamente em 25 cidades do Brasil: Campinas, Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi Guaçu, Piracicaba, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, São Paulo, Santo André, Salvador, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.

Mudanças

A prova do vestibular 2008 da Unicamp terá mudanças: as questões terão apenas dois itens - até o ano passado, o número era livre - e somente os candidatos que não zerarem na prova de redação poderão utilizar a nota do Enem (Exame Nacional do Exame Médio) no processo seletivo.

O número de questões vai continuar igual - 12 em cada prova. O tempo para resolvê-las também: quatro horas. Antes, a quantidade de itens a ser respondida não era fixa e podia chegar a 36. Agora, serão 24 itens em todas as provas (primeira e segunda fase). Um dos objetivos da mudança é diminuir a ansiedade, já que os candidatos vão saber antecipadamente quantos itens terão de responder.

Além da uniformização de itens, os candidatos passam a saber quanto vale cada um: dois pontos. Desta maneira, cada questão passa a valer quatro pontos, e cada prova valerá 48 pontos.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: