dcsimg

A instituição terá vestibular específico para indígenas


A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) anunciou que terá um vestibular específico para indígenas. O processo seletivo faz parte do programa de ações afirmativas da instituição e será implantado para o ano letivo de 2008.

"Vai haver uma vaga adicional por curso para indígenas e o preenchimento dessas vagas deve ser feito através de um processo seletivo exclusivo", explica o coordenador dos vestibulares da UFSCar, Pedro Ferreira Filho.

Para participar do concurso, o candidato deve apresentar no ato da inscrição o registro de indígena da Fundação Nacional do Índio (Funai) e uma carta da comunidade afirmando que ele tem algum tipo de atividade e interação com a comunidade indígena de origem.

O calendário do vestibular ainda não foi divulgado, mas as inscriçôes estão previstas para a primeira semana de novembro e as provas para fevereiro de 2008. Não haverá taxa de inscrição.

A UFSCar já havia anunciado que 20% das vagas do vestibular tradicional de 2008 serão reservadas para candidatos egressos do ensino público. Das vagas reservadas, 35% serão destinadas a candidatos negros (pretos e pardos).

O programa de ações afirmativas, anunciado no fim do ano passado, considera critérios socioeconômicos e étnico-raciais e será implantado gradualmente. De 2011 a 2013, a universidade prevê que a participação de estudantes do ensino público suba para 40%, mantendo-se 35% das vagas destinadas a negros. Entre 2014 a 2016, o total passará a ser de 50%.

De acordo com Ferreira Filho, o formato do vestibular para indígenas ainda não está fechado, mas o processo seletivo deve ser realizado em dois dias, no campus de São Carlos. Os candidatos farão quatro provas: ciências naturais e matemática, que envolve as disciplinas de química, física, biologia e matemática; história e geografia; língua portuguesa e interpretação de textos; e um exame oral por meio de entrevista.

"Como a formação desses estudantes é feita em grande parte nas aldeias indígenas, a universidade julgou conveniente fazer um vestibular específico", diz Ferreira Filho. A UFSCar criou uma comissão, composta por professores que têm experiência com indígenas, para elaborar o processo seletivo.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: