dcsimg

Erro no boletim de desempenho mostra redação anulada


Boletins com o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2007 têm erros de impressão. Muitos estudantes receberam o aviso de que a redação havia sido “anulada / desconsiderada” na avaliação. De acordo com o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela aplicação do exame, o equívoco deve ser desconsiderado e o estudante deve observar as notas pela internet.

Esta não é a primeira vez que os boletins apresentam erros. No ano passado, uma falha no banco de dados do Enem mostrou equivocadamente nota zero na redação de pelo menos cinco mil estudantes que fizeram a prova em agosto de 2006.

Thais Juliane do Prado, 19, estudante em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, foi uma das que recebeu o boletim de 2007 com a falha. “Consultei na internet e não apareceu nada dizendo que a redação estava anulada. E pelo site do ProUni [Programa Universidade para Todos, do Governo federal] aparece normal a nota”, conta.

No boletim de sua mãe e do namorado, que também prestaram o exame, aparece o mesmo erro: junto à nota da redação aparece o aviso de anulada / desconsiderada.

Se a redação estivesse anulada como consta no boletim enviado pelos Correios, ela não poderia concorrer a uma vaga no curso de nutrição pelo ProUni, já que o programa que concede bolsas de estudo em universidades particulares exige nota mínima de 45 pontos na média aritmética das provas de redação e conhecimentos gerais e ela obteve 85,71 na prova objetiva.

Karen Moreira Vilas Boas, 17, também teve a inscrição de redação “anulada / desconsiderada” no boletim do Enem. “Está todo mundo desesperado atrás disso, porque não se sabe se a redação foi anulada. E quem não tem acesso pela internet não tem como saber”. A estudante tirou 70 na redação e 76,19 nas questões objetivas.

Ao ser contactado, o Inep ainda não tinha recebido reclamações sobre o equívoco. Dorivan Ferreira, coordenador nacional do exame, informou que a nota da redação que aparece na internet é a que vale. “Nós orientamos as instituições de ensino que usam a nota do Enem a não se basearem no boletim, porque ele pode ter erro ou o estudante pode mentir. Deve ser usada a nota do banco de dados do Inep”, disse.

Aumento das médias

Segundo o Inep, em 2007 os alunos tiveram as maiores médias nas questões objetivas dos últimos cinco anos. Na parte composta por 63 testes, os estudantes do país obtiveram média de 51,52, em cem pontos possíveis – bem maior do que em 2006, quando a nota média foi de 36,90.

Mas também aumentou a diferença de notas entre estudantes da rede particular e da rede pública na parte objetiva do exame. Nesse ano, alunos da rede particular do país atingiram a nota de 68,04 nas questões objetivas, ao passo que a rede pública teve média de 49,20, levando a uma diferença de 18,84 pontos. Em 2006, essa diferença foi de 15,63 pontos (em cem).

Na redação, o desempenho geral foi melhor na edição de 2007: a nota média no Brasil ficou em 55,99 e na edição do ano passado foi de 52,08. A consulta dos candidatos ao boletim individual está disponível no site do Inep.

ProUni

O Enem é requisito obrigatório para quem quer tentar bolsa do ProUni. É preciso obter a nota mínima de 45 pontos na média aritmética entre as provas de redação e conhecimentos gerais para pleitear vaga no programa. Como a concorrência é grande, quanto maior for a nota do candidato, maior a chance de ele conseguir uma bolsa.

O programa dá bolsas totais e parciais, de 50% ou 25% do valor da mensalidade, para estudantes de baixa renda que não tenham formação em curso superior. A bolsa integral é dirigida a estudantes que possuam renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 570). Já a parcial, é para aqueles que tenham renda familiar, per capta, de até três salários mínimos (R$ 1.140,00).

Há ainda uma bolsa que paga 25% da mensalidade do curso para alunos cuja renda da família seja de até três salários mínimos por pessoa, e que cursem graduações com mensalidade no valor máximo de R$ 200,00.

As inscrições para o processo seletivo do ProUni, para o primeiro semestre de 2008, devem ser feitas na página do programa na internet. No ato da inscrição, o candidato pode escolher até cinco opções de instituições de ensino superior, cursos e turnos, dentre as disponíveis conforme o perfil socioeconômico da pessoa.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: