dcsimg

Justiça suspende prova do vestibular 2008


A Justiça Federal suspendeu a prova do Processo Seletivo Macro (PSM) 2008 da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) que seria aplicada neste domingo (23). A universidade pode recorrer.

O juiz substituto da 2ª vara da Seção Judiciária do Amazonas, Ricardo Augusto de Sales, acatou o pedido liminar do Ministério Público Federal (MPF) que pedia o cancelamento da prova aplicada no dia 9 de dezembro e a suspensão da segunda prova marcada para esse domingo.

De acordo com a decisão, foi apresentada documentação que "alega a ocorrência de diversos atos que inquinariam de nulidade as provas realizadas pela Ufam/Comvest" e teria havido a violação dos requisitos básicos necessários à correta avaliação dos que se submeteram ao vestibular. Se a universidade descumprir a medida liminar, será aplicada multa de R$ 5.000 por dia.

O pedido do MPF foi feito com base em relatos de vestibulandos. Em depoimento, candidatos do processo seletivo relataram ao MPF diversas irregularidades ocorridas durante o primeiro dia de provas. Entre os problemas citados estavam lacres violados ou envelopes fechados com fita adesiva apenas; fiscais de algumas salas que deixaram de entregar a prova de redação e orientaram candidatos a dissertarem sobre temas livres; e a saída de fiscais do local de prova, deixando a sala sem fiscalização.

O exame marcado para esse domingo estava previsto inicialmente para o dia 10 de dezembro, mas foi adiado. Segundo a Comissão Permanente de Concursos (Comvest), o exame foi adiado porque alguns exemplares da prova foram entregues para os vestibulandos acidentalmente no dia 9, quando era aplicada a primeira prova do processo seletivo. Ao todo, 23.443 candidatos se inscreveram no processo seletivo das 2.077 vagas oferecidade pela UFAM.

A decisão liminar, datada desta quarta-feira (19), determina que a UFAM seja citada e que e que seja instaurado inquérito policial pela Polícia Federal para apurar a conduta do presidente da Comvest e dos demais servidores que participaram da aplicação das provas. A universidade informou em seu site que acolherá a decisão e suspendeu os exames.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: