dcsimg

TRF suspende vestibular de faculdade de medicina


O Tribunal Regional Federal da 5ª Região, através da 23ª Vara da Seção Judiciária de Pernambuco, decidiu, nessa quinta-feira (12), suspender o Vestibular da Faculdade de Medicina de Garanhuns (Fameg), no Agreste pernambucano.

A decisão foi tomada pelo juiz federal Bruno César Bandeira Apolinário, da Comarca de Garanhuns. Segundo o magistrado, a unidade não é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

A decisão ocorreu após um alerta feito pelo Conselho Regional de Medicina (Cremepe) e Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), em parceria com outras entidades como Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Pernambuco - e Associação Brasileira de Ensino Médico (Abem). Eles fizeram uma representação ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e ao Ministério Público Federal (MPF) desde dezembro do ano passado, alertando que a instituição não tinha o reconhecimento do MEC.

O Ministério Público Federal deu entrada numa ação civil pública para impedir o vestibular da Fameg. A unidade começou a anunciar durante esta semana o início no processo de inscrições para o exame.

“Seria uma vergonha para Pernambuco e um prejuízo para os candidatos a realização desse vestibular. Essa faculdade está irregular perante ao MEC. Agora a justiça foi feita, numa decisão acertada da Justiça Federal, acatando o pedido do MPF”, destaca o vice-presidente do Cremepe, André Longo.

Após ser notificada da suspensão do vestibular, a direção da Fameg informou que vai recorrer da decisão.

Fonte: Jornal do Commercio, JC Online


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: