dcsimg

Veja como aproveitar ao máximo os simulados


Antes de encarar o desafio maior do vestibular, é preciso muito treino. Mas só ler, escrever e fazer exercícios todos os dias não basta. Os simulados são fundamentais para medir o processo de aprendizagem e o nível de autocontrole durante o ano de preparação. É como um esportista que treina para uma Olimpíada. Além de exercitar os conhecimentos, o simulado ajuda a treinar o tempo de resolução da prova, para ganhar ritmo.

Passar quatro ou cinco horas para responder dezenas de questões, como se fosse no dia dos exames reais, orienta o candidato a como desenvolver a prova, por onde começar, o que resolver primeiro e o que deixar para o final. Se no primeiro simulado o vestibulando não tiver tempo para resolver todas as questões, já sabe que, no próximo, precisa ser um pouco mais rápido em alguma parte da prova.

Normalmente, os professores indicam que se comece pelas questões de maior peso. Se no seu vestibular todas as questões tiverem o mesmo valor, o ideal é resolver primeiro as as mais fáceis - se é para chutar alguma por falta de tempo, que sejam as difíceis.

O fundamental é, depois do simulado, fazer uma avaliação, uma espécie de diagnóstico do desempenho. O candidato vai percebendo, ao longo do ano, quais são os pontos fracos, onde precisa reforçar o estudo e onde só falta uma revisão. É no simulado que ele vai conseguir ver tudo isso melhor. Assim, chegará no vestibular de verdade mais preparado, mais confiante.

A maior parte dos cursinhos costuma aplicar exames simulados todos os meses. Mesmo quem não é aluno das instituições pode se inscrever e fazer as provas. Na internet, é fácil encontrar as provas simuladas, inclusive com as respostas e comentários de professores.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: