dcsimg

Bom desempenho pode garantir faculdade de graça


De corridas de Fórmula 1 até concursos de arte, toda modalidade de competição guarda para o seu campeão algum tipo de prêmio: um troféu, uma medalha ou até uma bolada em dinheiro. Mas para os campeões do vestibular, qual seria a melhor forma de recompensar a vitória de quem chega ao topo do pódio?

Na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), em Porto Alegre, essa pergunta já tem resposta. A instituição oferece aos primeiros colocados de cada curso nos vestibulares de verão uma bolsa integral, que permite ir até o final da formação sem o pagamento de mensalidades. Foi o que ocorreu com a estudante gaúcha Paula Sanseverino, que ganhou a bolsa para cursar medicina na Puc-RS a partir do primeiro semestre de 2009 depois de obter o 1º lugar entre os candidatos ao curso nas provas realizadas em dezembro.

A conquista foi garantida numa seqüencia impecável de provas. Paula gabaritou cinco dos nove testes objetivos. O desempenho é fruto de três anos de cursinho e, principalmente, da dedicação especial em 2008, quando organizou um cronograma de leituras, em uma rotina que se estendia das 8h às 20h, e participou de um grupo de estudos. "Foram coisas indispensáveis nesse ano. Sem esquecer do apoio da família e do meu namorado", recorda Paula. "Eles foram muito pacientes quando eu não tinha tempo pra nada ou ficava como uma enciclopédia ambulante", completa.

O professor Antonio Carlos Jardim, coordenador de Controle Acadêmico da PUC-RS, afirma que o objetivo da universidade com o projeto é elevar o desempenho acadêmico de seus alunos. "Valoriza o esforço dos candidatos, o que reflete na sua performance no vestibular", relata. Para manter a vantagem, o vencedor precisa realizar a matrícula em todas as disciplinas do primeiro semestre e ser aprovado em 75% das matérias. Pode exceder em no máximo quatro semestres o tempo previsto para a conclusão da graduação, mas não tem possibilidade de troca de faculdade.

Proposta semelhante é seguida pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) em Porto alegre. Na unidade, desde 2005 os primeiros colocados de cada curso recebem bolsas equivalentes a 75% do valor das mensalidades. O benefício também é concedido aos dois primeiros na classificação geral entre os candidatos oriundos de escolas públicas. Em troca, a instituição exige que o aluno não seja reprovado em nenhuma disciplina. "Queremos trazer os melhores alunos e qualificar nosso ambiente acadêmico", justifica o coordenador da área de relacionamento da ESPM-RS, Flávio Martins.

Primeiro colocado nas provas para o curso de relações internacionais no segundo semestre de 2008, o estudante Júlio César Drescher, 21 anos, assegura que se inscreveu nas provas de olho na bolsa de estudos obtida graças aos conhecimentos acumulados em três anos de cursinho para medicina. "Com o desconto eu tenho oportunidade de aproveitar a vida. Estou guardando dinheiro para viajar e investir mais em lazer, o que não poderia fazer sem a bolsa", conta Drescher.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: