dcsimg

Aprovadas mudanças no vestibular a partir deste ano


A Universidade Estadual Paulista (Unesp) aprovou em primeira votação, mudanças no seu vestibular a partir deste ano. A prova passará a ser feita em duas fases, uma em novembro e outra em dezembro. Além disso, as questões deixarão de ser divididas em matérias, valorizando a interdisciplinaridade, tendência registrada também na Fuvest.

> Confira aqui o documento aprovado na Unesp

Segundo o documento aprovado pela Câmara Central de Graduação da Unesp, as provas serão divididas em três “conjuntos nucleadores”. O documento segue para votação no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão

O primeiro conjunto será Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que abrange as áreas de português, língua estrangeira, educação física, arte e informática. O segundo se chamará Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias, com questões de matemática, física, química e biologia.

O último bloco, Ciências Humanas e suas Tecnologias, incluirá as tradicionais história e geografia, mas terá ainda sociologia, antropologia, política e filosofia, disciplinas normalmente não cobradas nos vestibulares.

“São áreas que já fazem parte do currículo do ensino médio, por isso têm de estar na prova também”, disse a pró-reitora de Graduação da Unesp, Sheila Zambello de Pinho. A Unesp é única entre as universidades estaduais de São Paulo que ainda realiza o exame em uma só etapa.

A coordenadora do Curso e Colégio Objetivo, Vera Lúcia da Costa Antunes, aprova as alterações. “A proposta da Unesp segue a tendência do Exame Nacional do Ensino Médio e de outros vestibulares que privilegiam a capacidade de leitura e de relacionar conhecimentos”, afirma.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: