dcsimg

Saiba como se planejar para enfrentar os livros obrigatórios dos vestibulares


A leitura dos livros obrigatórios nos vestibulares pode se tornar um problemão, caso seja deixada para a última hora. Por isso, confira as dicas de como se planejar e do que priorizar enquanto é tempo. Aproveitar os oito meses anteriores aos processos seletivos de final de ano pode render pontos extras e aumentar a confiança na hora da prova.

Vale a pena iniciar a leitura no começo do ano. Assim, no final do ano, o candidato só vai precisar de uma "muleta", que é o resumo da obra para relembrá-la. Ele pode também assistir a aulas de cursinho ou a palestras para deixar o conteúdo fresco na memória, na reta final.

Mas qual livro escolher para iniciar a lista? Cada pessoa tem seu ritmo e seu conhecimento. Alguns, já podem até ter lido parte das obras da lista, durante o ensino médio. Então, a primeira recomendação é separar os livros que já leu e as obras de poesia, pois um livro de poemas pode ser levado no bolso. É uma leitura que pode ser feita diariamente, aos poucos. Outras obras, mais complexas exigem um pouco de perseverança.

Uma sugestão é começar pelas obras que considera mais fáceis. Exemplos de livros desse tipo seriam Vida Secas, de Graciliano Ramos, ou o Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente - com textos relativamente curtos.

Obras consideradas mais complexas são, por exemplo, Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa, ou A Cidade e as Serras, do português Eça de Queirós. Os livros mais difíceis, em geral, são os que estão mais afastados do público brasileiro.

Efeitos psicológicos

Se há na lista uma peça de teatro, em uma tarde o estudante consegue ler. E, "se livrar"' de um livro, funciona muito bem psicologicamente. Estimula o estudante para que pegue outra obra.

Para as poesias a sugestão é que os candidatos leiam no final do dia. Isso vai criar um hábito e, se deixar de ler a poesia, o estudante vai sentir falta.

Ordem cronológica

Uma outra sugestão é a leitura das obras segundo a ordem cronológica em que foram produzidas.

É sempre mais fácil ler os livros na ordem cronológica de publicação. Cursos de literatura seguem a cronologia, então o vestibulando pode ir seguindo a tradição literária. Assim, fica mais fácil de enxergar as conexões do livro com a realidade da época.

Lista extensa

Quem pensa em prestar vestibular em diferentes estados, pode acumular até 30 livros de leitura obrigatória nos processos seletivos. Nesse caso, a dica é ler os chamados "clássicos". Há vestibulares que procuram obras específicas de suas regiões. Então, uma saída para o vestibulando é procurar conversar com pessoas que conhecem a obra, consultar informações sobre elas pela internet.

Se você sabe que os livros são muitos, priorize: não são só livros de literatura que o candidato tem de estudar para o vestibular. Por isso, é necessário escolher as obras das faculdades mais sonhadas. E se não houver chance de ler tudo, é importante ler o resumo.

É preciso ter muita convicção de quais vestibulares interessam de verdade. Se o estudante pretende prestar três ou quatro federais, não vai conseguir ler todas as obras. É preciso que o candidato escolha o que pretende prestar e que vá atrás das informações.

Sete passos para aproveitar melhor a leitura das obras obrigatórias no vestibular
1- Separe da lista as obras que você já conhece e as de poesia.
2- Inicie pelos livros que considera mais fáceis.
3- Poesias podem ser lidas diariamente, em doses "homeopáticas".
4- Obras mais densas exigem concentração e leitura em local adequado.
5- Se você estiver estudando literatura, tente ler as obras obrigatórias à medida que estuda. Ou seja, se estiver tendo aulas sobre realismo, a leitura de Machado de Assis pode facilitar o aprendizado.
6- No caso de prestar vários processos seletivos, priorize as listas de livros das faculdades em que você mais deseja ingressar.
7- Não teve condição de ler tudo? Não hesite: pegue o resumo.

Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: