dcsimg

Instituição vai oferecer 50% das vagas para alunos de escolas públicas


Menos de uma semana depois da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) anunciar que irá aderir ao novo Enem como etapa única de seleção, mais uma novidade. A instituição também irá usar o modelo de cotas sociais. A partir deste ano, 50% das vagas oferecidas pela Univasf serão destinadas para alunos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas.

Os critérios para adoção da cota social foram definidos na manhã desta quarta, durante reunião do conselho universitário, realizada em Petrolina, no Sertão do Estado, onde fica um dos câmpus da instituição. Segundo o pró-reitor de ensino, Marcelo Ribeiro, para conseguir a vaga, o estudante cotista não pode zerar uma das quatro partes da prova (serão quatro eixos, conforme o MEC: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação), ciências humanas e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias). A regra vale tanto para os feras da rede pública quanto para os da rede privada. Mas só será aplicada na primeira opção de curso do candidato.

“Vamos juntar as notas de todos os candidatos cotistas e tirar uma média. Para conquistar uma vaga, o estudante tem que somar nota igual ou superior a 70% dessa média”, explica Marcelo. Ele ressalta que não necessariamente a reserva de 50% das vagas tem que ocorrer, caso os cotistas não atinjam a nota mínima exigida. E exemplifica: “O curso de administração tem 50 vagas. Vinte cinco serão para alunos da rede pública. Se na seleção somente 20 alunos tiverem tirado nota 70% maior que a média do grupo, vão sobrar cinco vagas. Essas vagas irão para os demais concorrentes, que podem ser da rede privada”, observou o pró-reitor.

Como a universidade adotou o novo Enem, as vagas oferecidas para alunos cotistas valem para estudantes de todo o País.

Há três anos, o curso de medicina da Univasf é o mais concorrido das Federais (UFPE, UFRPE e Univasf). No Vestibular 2009, as 80 vagas oferecidas foram disputadas por 29,1 candidatos. No Vestibular 2008, a concorrência foi de 32,5 candidatos/vagas. A universidade oferece 13 cursos, nos câmpus distribuídos em Petrolina, Juazeiro (Bahia) e São Raimundo Nonato (Piauí).


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: