dcsimg

Institutos federais devem adotar o Enem para ingresso em cursos superiores


Os institutos federais de tecnologia (que são os antigos Cefets) planejam adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso em seus cursos superiores.

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Conif) aprovou a adoção do exame durante reunião em Palmas (TO), segundo informações do Ministério da Educação (MEC). No entanto, os critérios de como o exame será usado ainda não foram definidos.

Os reitores demonstraram, porém, preocupações com alguns pontos, como a oferta de vagas para as populações locais, que podem ficar prejudicadas com o vestibular unificado.

Também foi levantado o problema da exclusão dos alunos do ensino médio que não tenham participado do Enem, já que o exame não é obrigatório. Segundo o presidente do Conif, Paulo César Pereira, reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, as dúvidas e questionamentos serão tratados em encontro, na próxima semana, com representantes do MEC, em Brasília.

Em documento a ser encaminhado ao ministro da Educação, os institutos apresentarão também propostas de acesso dos estudantes aos cursos de nível médio por elas oferecidos. “O tema vem sendo debatido há mais de dois anos. Sabemos que é preciso democratizar o acesso, mas a grande questão é como dar mais oportunidade aos alunos carentes”, disse Pereira.

E mais: Novo vestibular já tem adesão de 27 federais


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: