dcsimg

Universidade deve mudar o formato do vestibular para ingresso em 2011


O formato do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) deve mudar no ano que vem. A instituição estuda incluir questões de múltipla escolha na primeira fase, que atualmente tem 12 questões discursivas e uma redação. O processo seletivo que acontece no final deste ano para ingresso em 2010 não sofrerá nenhuma alteração.

O objetivo é conseguir selecionar melhor na primeira fase os candidatos em cursos muito concorridos, como medicina, que tem cerca de 80 pessoas disputando uma vaga. Com um número maior de questões, a capacidade de seleção aumenta porque diminui a chance de empate técnico. “Ainda estão em fase de estudo e de debate, mas, basicamente, as mudanças foram propostas para a primeira fase, para ser mais eficiente para a universidade e os alunos”, disse o reitor, Fernando Costa, nesta quinta-feira (13).

As alterações não afetam o conteúdo cobrado, que permanece o mesmo. As questões de múltipla escolha também devem seguir a mesma linha das discursivas, que são contextualizadas. “Isso não vai mudar. É uma característica do vestibular da Unicamp, que, de certa maneira, foi até uma referência para toda essa discussão do Enem, que não usa tanta memorização. [A prova] Tem sempre uma memorização básica, mas ele sempre trabalha dentro de um contexto”, afirmou ao G1 Renato Pedrosa, coordenador executivo da Comvest, que aplica o vestibular da Unicamp.

A redação deve continuar sendo pedida na primeira fase, mas a Unicamp estuda deixar essa nota para compor o resultado da segunda fase. “Hoje, somente parte das redações já é corrigida. De qualquer maneira, as questões escritas continuariam na primeira fase.” Com a inclusão de questões, o tempo de prova na primeira fase poderá ser ampliado de quatro para, no máximo, cinco horas.

A universidade deve discutir as mudanças no vestibular até o final deste ano. “A ideia é que as escolas consigam iniciar o ano letivo sabendo como vai ser o processo seletivo, apesar que, do ponto de vista dos programas, não vai mudar nada. A pessoa que estiver se preparando para o Enem, a Fuvest ou a Unesp vai estar bem preparada”, disse Pedrosa.

A cobrança de filosofia, sociologia e artes no vestibular da Unicamp deve acontecer só no vestibular para ingresso em 2012. "Vai depender da inclusão dessas matérias no currículo do ensino médio da rede pública. Acho difícil isso acontecer para o vestibular 2011", afirmou o coordenador executivo.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: