dcsimg

estão abertas as inscrições para o Vestibular 2010


UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) abre, nesta sexta-feira (28), o prazo de inscrição para o vestibular 2010. Os interessados podem se inscrever pela internet até as 18h do dia 24 de setembro. Estão em disputa 6.517 vagas.

A taxa de inscrição é de R$ 70,00, pagos via Guia de Recolhimento da União em qualquer agência do Banco do Brasil. A universidade vai usar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) como primeira fase do processo de seleção.

As provas serão realizadas nos dias 20 e 21 de dezembro, das 8h às 12h. O listão dos classificados, com a soma das notas da primeira fase (Enem) e da segunda fase, será divulgado até o dia 31 de janeiro de 2010.

Como se inscrever

O processo de inscrição via internet será idêntico ao utilizado no vestibular anterior. A primeira informação que o candidato terá que fornecer será o seu próprio CPF, e não de familiares, parentes ou amigos.

Durante o preenchimento do formulário eletrônico, será permitido fazer o upload de uma foto, que será anexada à inscrição. Caso não seja possível fazer o envio do arquivo, ele poderá colar a foto no próprio CCI (Comunicado de Confirmação de Inscrição) que será entregue ao fiscal no primeiro dia de prova. Assim como no ano passado, a impressão do CCI ficará a cargo do aluno.

O candidato também vai contar com uma área do site exclusiva para acesso aos seus dados. Será nessa área, por exemplo, que ficará sabendo se sua inscrição foi validada, se o CCI está disponível, se conseguiu isenção de taxa, entre outras informações. Esse acesso será possível a partir do login do candidato (que será o seu próprio CPF) e de uma senha a ser criada no ato da inscrição.

Novos cursos

A instituição terá três novos cursos: o campus Recife passa a oferecer os cursos de sistemas de informação e de engenharia de materiais. Em Vitória de Santo Antão, será iniciado o curso de bacharelado em educação física.

Os novos cursos oferecem 80 vagas adicionais e outras 19 graduações contribuem com mais 476 oportunidades de ingresso universitário para o próximo ano. Há graduações que vão passar por mudanças, como enfermagem/Vitória, que ficará com 30 vagas, e engenharia cartográfica, que passa a ter uma única entrada, com 30 vagas. A expansão faz parte do Reuni (Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais).

Bônus

É possível receber bônus de 10% na nota final de classificação. O campus Recife concederá o incentivo para os alunos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas municipais ou estaduais de Pernambuco. Para as unidades acadêmicas do Agreste e Vitória de Santo Antão, serão beneficiados os candidatos de escolas públicas (municipais e estaduais) e particulares que cursaram todo o ensino médio em estabelecimentos de ensino do interior de Pernambuco.

Não haverá nota de corte

Não haverá ponto de corte da primeira para a segunda etapa, cujas provas serão específicas para o curso escolhido. Se o candidato não faltar aos testes do Enem e conseguir pontuar em todas as áreas do conhecimento dessa avaliação, passará automaticamente para a segunda fase.

No primeiro dia da segunda fase, os candidatos farão as provas de português 1 (duas questões discursivas), língua estrangeira 1 (composta por oito questões do tipo múltipla escolha, com cinco alternativas, com questões de espanhol, francês ou inglês), história e química.

No dia seguinte, serão aplicados os testes de geografia, matemática, física, língua estrangeira 2, literatura, biologia, português 2, teoria musical e geometria gráfica. com exceção da prova de português 1 e língua estrangeira 1, as demais provas conterão 16 questões escritas/objetivas, de proposições múltiplas ou questões de resposta numérica.

Na segunda etapa, os conteúdos e os pesos de cada disciplina serão os mesmos dos vestibulares anteriores. Apesar disso, haverá mudanças na composição da nota da primeira etapa. Uma vez que o Enem será composto de cinco avaliações (quatro objetivas e uma redação), o cálculo da nota da primeira etapa precisou ser reajustado. O cálculo da nota será o seguinte: língua portuguesa, 30%; matemática, 15%; ciências humanas, 22,5%; ciências da natureza, 22,5%. Os 10% restantes, referentes à avaliação de língua estrangeira, serão transferidos para a segunda etapa.

Para o cálculo do argumento de classificação do candidato, a primeira fase passa a valer 45% do total do argumento de classificação. A segunda etapa valerá 55% da nota final. Os candidatos farão a redação na primeira etapa, junto com o Enem. A nota da redação do Enem fará parte do cálculo da nota da segunda etapa, que será liberada no dia 8 de janeiro, mantendo-se o ponto de corte de 2,5 para a redação.

Outras informações podem ser obtidas no site do vestibular.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: