dcsimg

MEC divulga as provas do Enem 2009 que vazaram


Após o cancelamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 devido a vazamento de informações, o MEC (Ministério da Educação) divulgou nesta quinta-feira (1º) o modelo da prova que seria aplicado neste fim de semana. Em pronunciamento, o ministro da Educação Fernando Haddad convidou os estudantes a "aproveitar o tempo e aprimorar seus estudos" e anunciou que os inscritos no exame serão comunicados "pelos meios habituais da nova data e do local das provas".

Confira os exames:

> Prova de ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias (1º dia) > Prova de linguagens, códigos e suas tecnologias e redação e matemática e suas tecnologias (2º dia) > Gabarito dos dois dias de Enem

Segundo Haddad, o governo já tomou providências para apurar eventuais responsabilidades criminais relativas ao vazamento.

Vazamento da prova

O Ministério da Educação cancelou o Enem 2009 na madrugada de hoje. A decisão foi tomada MEC após alerta dado por repórteres do jornal 'O Estado de S. Paulo'. Um homem, de acordo com a reportagem, tentou vender uma cópia da prova ao jornal por R$ 500 mil.

O MEC estuda remarcar o exame nos próximos 45 dias - prazo necessário para a impressão do novo teste. Uma segunda versão da avaliação, que já estaria pronta, deve ser utilizada. Não será necessário fazer nova inscrição. A liberação dos resultados da prova devem acontecer no começo de fevereiro, um mês depois da data prevista.

Os custos de impressão do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 foram da ordem de R$ 30 milhões, segundo o ministro da Educação, Fernando Haddad. A informação foi fornecida durante entrevista coletiva em Brasília, no início da tarde desta quinta-feira (1).


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: