dcsimg

Em vez de 5, aluno só poderá optar por 3 cursos no Enem


O Ministério da Educação (MEC) estuda reduzir o número de chamadas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de cinco para três, por causa do adiamento da prova –agora prevista para acontecer nos dias 5 e 6 de dezembro. A informação foi confirmada pela assessoria do órgão.

Atualmente, de posse da sua nota, o aluno escolhe um curso; caso não seja selecionado, tem outras quatro chances de tentar em outras instituições. Pela proposta, o estudante só teria mais duas chances. Isso tornaria mais rápido o processo de seleção.

Essa seria a segunda mudança nos procedimentos de seleção do Enem. Inicialmente, a ideia do MEC era que o aluno pudesse concorrer a até cinco cursos em cinco instituições diferentes já na primeira etapa.

Para que todo o processo ocorra, no entanto, o estudante precisa saber o resultado do exame. O ministério ainda avalia a data da entrega, que pode ocorrer no final de janeiro ou no começo de fevereiro. Mesmo com o atraso na prova, o MEC diz que o calendário do ano letivo das universidades não deve ser alterado.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: