dcsimg

Divulgada a lista de aprovados em provas de habilidades específicas no vestibular 2010


A Fuvest divulgou a relação dos aprovados nas provas de habilidades específicas do vestibular 2010. Foram aprovados 291 candidatos, sendo 136 para artes plásticas, 113 para música em São Paulo e 42 para música em Ribeirão Preto. Confira:

> Aprovados em música - São Paulo
> Aprovados em artes plásticas
> Aprovados em música - Ribeirão Preto

Os candidatos não aprovados passam a concorrer, automaticamente, para a vaga de segunda opção indicada na ficha de inscrição. No ano passado, foram classificados 165 pessoas para artes plásticas e 168 para música (52 para o curso de Ribeirão Preto e 116 para o curso da Capital).

Ao todo, 128.144 candidatos são esperados no processo seletivo, que seleciona ingressantes para a USP, para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa e para a Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Estão em disputa 10.797 vagas.

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 não deve ser utilizado como parte da nota do vestibular 2010. A nova data do Enem inviabilizou sua utilização na prova.

Na segunda fase, todo o candidato responderá a um total de 42 questões e elaborará uma Redação, independentemente da carreira escolhida (exceção para os candidatos inscritos nas duas carreiras da Polícia Militar).

Mudanças na Fuvest 2010

No novo formato, a Fuvest 2010 manterá a primeira fase com 90 questões - mas as provas da segunda fase foram alteradas.

A primeira fase também passou a ser eliminatória - ou seja, a nota não conta mais no final do processo seletivo para classificar os estudantes. Apenas elimina quem não tiver desempenho suficiente para chegar à etapa final.

A segunda fase do vestibular vai avaliar todas as matérias do ensino médio. Até a Fuvest 2009, só disciplinas relacionadas ao curso pretendido eram alvo de exames.

Enem no Inclusp

A universidade definiu novo cálculo dos bônus para substituir o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2009 na bonificação do Inclusp (Programa de Inclusão Social da USP). Em vez de considerar o exame, a universidade irá utilizar a primeira fase do vestibular: os candidatos terão que fazer mais de 22 pontos na prova para receber 1,8% de bonificação.

A pontuação pode chegar a até 6% pontos a mais nas 1ª e 2ª fases do processo seletivo. O novo cálculo foi idealizado depois que os organizadores da Fuvest decidiram não utilizar a pontuação do Enem 2009 no vestibular 2010. Para candidatos não-optantes pelo bônus, valerá só a nota do vestibular; antes, o Enem valia 20% do total de pontos na 1ª fase.

A fórmula utilizada para o cálculo será a seguinte:

Bônus Fuvest (%) = 1,8 + [4,2 x (NF-22)] / 50

Na qual NF é a nota da prova da primeira fase, que contém 90 questões. Se o candidato acertar só até 21 perguntas, não ganhará nenhum ponto de bonificação. Acima de 22, os candidatos recebem 1,8% de bônus, podendo chegar até 6% para aqueles que acertarem 72 ou mais questões.

Além do bônus baseado na nota da 1ª fase, o Inclusp dá 3% a mais para estudantes oriundos de escolas públicas e até 3% de bonificação para quem faz a prova do Pasusp.

Outras informações podem ser obtidas no site da Fuvest.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: