dcsimg

Universidade abrirá neste ano 57 vagas para pessoas refugiadas


A UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) abriu inscrições que seguem até o próximo dia 5 para estrangeiros refugiados no Brasil com interesse em estudar na instituição. Segundo a assessoria de imprensa da universidade, existem dois alunos refugiados matriculados desde o ano passado.

Será aberta uma vaga em cada um dos 57 cursos nos três campi - São Carlos, Araras e Sorocaba. Segundo o pró-reitor de graduação adjunto da UFSCar, Vitor Luiz Sordi, apesar de ter uma vaga em cada curso, a demanda é pequena. Em 2009, no primeiro vestibular específico para esse público, houve três inscritos. Um foi reprovado. "No Brasil, existem em torno de 4.000 refugiados. Portanto, trata-se de um público muito restrito, e certamente não haverá candidatos em todos os cursos", respondeu Sordi, por e-mail.

As duas únicas alunas refugiadas são irmãs e vieram da Angola. As estudantes estão em campis diferentes - uma está em São Carlos e outra em Araras.

O vestibular específico foi feito para atender ao Estatuto dos Refugiados, de 1951, que preconiza que o acesso à universidade a essas pessoas seja facilitado. A UFSCar regulamentou o processo seletivo em 2008.

A relação de convocados para o vestibular de 2010 sai no dia 24 de fevereiro. Eles deverão passar por avaliação.

O resultado está previsto para o dia 5 de março.


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: