dcsimg

Inscrições para o vestibular de inverno começarão dia 29


A Universidade Estadual de Maringá abrirá o período de inscrição para o Vestibular de Inverno no dia 29 deste mês, sendo que o prazo segue até 16 de abril.

As provas serão realizadas de 18 a 20 de julho e as inscrições deverão ser feitas via web pelo endereço http://www.vestibular.uem.br.

Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 90,00.

A UEM oferece para este concurso 1.562 vagas em 48 cursos de graduação. Das vagas, 308 são reservadas, pelo sistema de cotas sociais, para alunos do ensino público.

A Universidade também anuncia a oferta de 20 vagas para a primeira turma de Biomedicina, curso aprovado em novembro do ano passado pelo Conselho Universitário. Outras 20 vagas serão ofertadas no Vestibular de Verão.

A coordenadora da comissão que elaborou o projeto pedagógico do curso, professora Maria Teresinha Gomes Casavechia, explica que a decisão de criar o curso de Biomedicina está baseada nos aspectos legais da profissão instituídos há mais de três décadas, respaldados pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 2003. Mudanças curriculares das profissões da área da saúde, na modalidade generalista, têm permitido ao profissional de biomedicina ocupar espaço cada vez maior frente às análises laboratoriais e pesquisa científica. A outra questão de grande relevância foi de o Departamento de Análises Clínicas apresentar a estrutura necessária para funcionamento do curso, contribuindo de forma decisiva para a sua aprovação na opinião da coordenadora. "Já temos laboratórios implantados com recursos tecnológicos modernos, além de um corpo docente altamente titulado que já faz parte dos quadros da UEM", diz ela.

A profissão de biomédico foi regulamentada em 1980 e o mercado de trabalho para o profissional da área parece promissor. O indicativo é a alta procura de candidatos nos vestibulares de instituições tradicionais. Teresinha Casavechia explica que foi feito um levantamento nesse sentido, englobando a concorrência nos últimos cinco anos. O estudo aponta, por exemplo, que a concorrência média da Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp) ficou em torno 40 candidatos por vaga. Na Universidade Estadual Júlio de Mesquita Neto (Unesp) a média foi de 30 candidatos/vaga. Na Universidade Estadual de Londrina (UEL) a relação foi de 18 candidatos/vaga. Na Universidade Federal do Paraná, o curso foi aberto em julho do ano passado.

Atualmente existem, em todo o Brasil, 55 instituições de ensino superior que oferecem o curso de Biomedicina, considerando apenas os cursos em funcionamento e reconhecidos pelo MEC.

O curso da UEM terá 4 anos de duração e o aluno contará com atividades práticas orientadas em laboratório desde a primeira série, o que garantirá a formação de profissionais capacitados para o exercício das análises clínicas, diagnóstico laboratorial e prevenção de doenças, além do exercício da docência e ao desenvolvimento de pesquisas na área biomédica.

Mais informações: http://www.vestibular.uem.br


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: