dcsimg

Inscrições para o Enem 2010 vão de 21 de junho a 9 de julho


O presidente do Inep, Joaquim José Soares Neto, anunciou hoje que as inscrições para o Enem deste ano começam no dia 21 de junho, e seguem até 9 de julho. O anúncio foi feito durante entrevista concedida ao lado da secretária de educação superior do Ministério da Educação, Maria Paula Dallari Bucci. As provas serão aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro.

Mais de 16 mil vagas na seleção unificada do meio do ano

Para quem fez o Enem em 2009, começa nesta quinta-feira, 10, e segue até 14 de junho o período de inscrições para a segunda edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que selecionará os candidatos às vagas nos institutos federais e universidades federais e estaduais que aderiram ao sistema para a oferta de vagas para o segundo semestre de 2010.

Nesta edição, oito instituições que não participaram do primeiro processo, em janeiro, aderiram ao sistema para selecionar seus candidatos. Ao todo, participam desta rodada 35 instituições públicas de ensino superior, sendo 15 universidades federais, 18 institutos federais e duas universidades estaduais. Ao todo, são oferecidas 16.573 vagas em cursos superiores, entre bacharelados, licenciaturas e cursos superiores de tecnologia.

Podem participar da seleção os candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2009. Para inscrever-se, o candidato deverá informar seu número de inscrição no Enem 2009 e sua senha de acesso cadastrada no exame. As inscrições estarão abertas no período das 8h às 23h59 (horário de Brasília), de 10 a 14 de junho.
O aluno poderá acessar o Sisu com sua senha do Enem, sendo facultado ao candidato a criação de uma nova senha para acesso ao sistema.

As inscrições serão feitas em uma única etapa, de 10 a 14 de junho. Ao inscrever-se, o aluno poderá fazer até duas opções de curso e instituição, em ordem de preferência, e poderá alterar suas opções até o final do período de inscrição.

Ao final das inscrições, haverá três chamadas subsequentes. Os candidatos selecionados em sua primeira opção não serão convocados nas chamadas posteriores, nem mesmo aqueles que não realizarem a matrícula. Ao final das três chamadas, caso ainda existam vagas, as instituições convocarão os candidatos a partir da lista de espera gerada pelo sistema.

O Sisu também oferece vagas específicas para políticas afirmativas. Essa informação estará disponível no sistema, e ao inscrever-se o candidato deverá informar se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência ou às vagas de políticas afirmativas. As políticas afirmativas oferecidas pelo sistema seguem o que é adotado pela instituição, com base na decisão de seus conselhos universitários.


Fonte: Assessoria de Imprensa do Inep/MEC


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: