dcsimg

UEM divulga dados socioeconômicos dos vestibulandos


O Vestibular de Verão 2011 da Universidade Estadual de Maringá registra, em termos percentuais, maior número de candidatos paranaenses em relação ao mesmo concurso no ano passado. Dos atuais 16.634 inscritos, 84,9% residem no estado. Em 2010 eram 81,1%. Aumentou também o percentual de inscritos que cursaram o Ensino Médio apenas em escola pública. Entre os candidatos, 8.845 se enquadram nessa categoria, o que corresponde a 53,2% do total. São 2,6% a mais do que os índices registrados no ano passado.

Esses são alguns dos dados extraídos do questionário socioeconômico que o vestibulando responde no ato da inscrição e que a Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU) divulgou hoje (20). Segundo o relatório, para este Vestibular de Verão, 37,9% dos inscritos residem em Maringá, 36,9% são de outras cidades da região e 10,1% de outras cidades do Paraná. Dos residentes em outros estados, o percentual maior é de São Paulo: 10,6%, o que corresponde a 1.765 vestibulandos.

Os dados socioeconômicos do Vestibular de Verão 2011 revelam ainda que 56,6% inscritos são mulheres; 45,3% têm 17 anos ou menos e que a grande maioria é branca (75,2%). Apenas 428 candidatos se declaram da raça negra (2,6%) e 2.680 pardos (16,1%).

Estudantes com formação no Ensino Médio apenas em escola particular são 6.336 (38,1%), contra 687 (4,1%) que estudaram a maior parte do tempo em escola pública e 751 (4,5%) que estiveram a maior parte do tempo em escola particular.
Em relação ao Ensino Fundamental, 9.186 estudaram integralmente em escola pública, ou seja, 55,2% do total. No Vestibular de Verão 2010, esse porcentual foi de 52,5%.

Renda Familiar

Com relação à renda familiar, o maior percentual está inserida na faixa que recebe entre mais de três e até cinco salários mínimos. São 4.759 vestibulandos nessa categoria (28,6%).

Ao responder o questionário, 9.551 candidatos (57,4%) alegaram que o fato de ser pública e oferecer um ensino de qualidade foi o que motivou a escolha pela UEM. Outros 3.574 (21,5%) explicaram que escolheram a Instituição porque ela oferece o melhor curso pretendido.
Os três cursos com maior procura foram: Medicina, com 1.789 inscritos (são 137,6 por vaga); Arquitetura e Urbanismo com 684 candidatos (52,6 por vaga); e Engenharia Civil em Maringá, com 1.027 inscritos (38 por vaga).

Entre os 16.634 inscritos no concurso, 3.274 se candidataram pelo sistema de cotas sociais adotado pela UEM, que reserva 20% das vagas para vestibulando com menor poder aquisitivo.

As provas serão realizadas de 11 a 13 de dezembro, das 8h50 às 13 horas, em Apucarana, Campo Mourão, Cianorte, Cidade Gaúcha, Goioerê, Ivaiporã, Maringá, Paranavaí e Umuarama.

Outras informações no website http://www.vestibular.uem.br ou pelo fone (44) 3011-4450.

Fonte: UEM


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: