dcsimg

Unioeste abre inscrições ao Vestibular 2012


A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) abre nesta segunda-feira, dia 3 de outubro, as inscrições para o Concurso Vestibular 2012, que oferece 2.329 vagas.

Neste ano, o Vestibular terá sua primeira etapa realizada no dia 27 de novembro e a segunda no dia 11 de dezembro nos campi de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Cândido Rondon e Toledo. As inscrições poderão ser feitas até o dia 7 de novembro.

A Diretoria do Concurso Vestibular alerta também quanto ao cronograma de datas para retirada dos formulários para pedidos de isenção para a inscrição ao Vestibular. A retirada pode ser feita somente até dia 5 de outubro, com a devolução destes marcada para o período de 4 e 7 do mesmo mês. As inscrições para os demais interessados custa R$ 100,00, devendo ser feitas on-line no endereço http://www.unioeste.br/vestibular

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (45)3220-3099 e 3220-3100 ou ainda pelo e-mail da Diretoria de Concurso Vestibular: vestibular@unioeste.br. 

Obras Literárias

Para o Vestibular 2012 a Unioeste estará exigindo as seguintes obras literárias:

Poemas

- Gregório de Matos Guerra: Implorando de Cristo, um pecador contrito, perdão dos seus pecados (1º verso: “Pequei, Senhor; mas não porque hei pecado”); Moralidade sobre o dia de quarta-feira de cinza (1º verso: “Que és terra, oh Homem, e em terra hás de tornar-te”); À Bahia (1º verso: “Triste Bahia! Oh quão dessemelhante”); Aos senhores governadores do mundo em seco da Bahia e seus costumes; (1º verso: “A cada canto um grande Conselheiro”); Expressões amorosas a uma dama a quem queria (1º verso: “Discreta e formosíssima Maria”); Aos afetos e lágrimas derramadas na ausência da dama a quem bem (1º verso: “Ardor em firme coração nascido”).

- Cláudio Manuel da Costa: Soneto XIV (Quem deixa o trato pastoril amado; Soneto LXII (Torno a ver-vos, ó montes; o destino;

- Tomás Antonio Gonzaga: Lira I (primeira parte de Marília de Dirceu), Lira II (primeira parte de Marília de Dirceu);

- Álvares de Azevedo: Lembrança de morrer;

- Gonçalves Dias: Canção do exílio;

- Casimiro de Abreu: Meus oito anos;

- Castro Alves: O navio negreiro;

- Olavo Bilac: A um poeta;

- Raimundo Correia: Anoitecer; Banzo;

- Alphonsus de Guimarães: Ismália;

- Mário de Andrade: Descobrimento;

- Vinícius de Moraes: Soneto de separação, Soneto de fidelidade;

- Manuel Bandeira: Poética, Desencanto, Andorinha;

- Carlos Drummond de Andrade: Órion, Inscrição, Infância, Sina, E agora José?;

- Adélia Prado: Com licença poética, Clareira, Bucólica nostálgica.

Contos

- Machado de Assis: Cantiga de esponsais, Missa do galo, A cartomante;

- Simões Lopes Neto: No manantial;

- Monteiro Lobato: Negrinha, Bucólica;

- Mário de Andrade: O peru de natal;

- Lygia Fagundes Telles: Antes do baile verde;

- Guimarães Rosa: Famigerado;

- Dalton Trevisan: Balada das mocinhas do passeio, Apelo;

- Rubem Fonseca: Passeio noturno - parte I;

- Luiz Vilela: Rua da amargura.

Romances

- Erico Veríssimo: Um certo capitão Rodrigo;

- José Lins Do Rego: Menino de engenho;

- Cristovão Tezza: O filho eterno.

Os poemas, contos e romances, indicados, podem ser buscados em qualquer edição, desde que os textos estejam completos. Além das obras elencadas, também faz parte do conteúdo para o Vestibular da Unioeste a fundamentação teórica que embasa os estilos de época, conforme o livro História concisa da literatura brasileira, de Alfredo Bosi.

Fonte: Elaine Turcatel - Assessoria de Comunicação Social / UECE


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: