Home PreparaçãoBanco de QuestõesPortuguês Os Lusíadas – O Velho do Restelo, de Luís Vaz de Camões

Os Lusíadas – O Velho do Restelo, de Luís Vaz de Camões

by

6.

(PUC-SP) No Canto IV de Os Lusíadas, denominado Episódio
do Velho do Restelo
, podemos encontrar:

a) idealismo e amor platônico;
b) imitação dos clássicos antigos como paradigmas;
c) preocupação com o estilo, confiança na Provid6encia
divina, medida velha;
d) indicação de que o poeta tem preocupação exclusivamente
platoniana;
e) orgulho nacionalista da auto-realização.

7. (Rio Branco) Em Os Lusíadas, de Camões,
a posição expressa no discurso do “Velho do Restelo”
é:

a) de incentivo à viagem de Vasco da Gama, com ênfase nas vantagens
econômicas que poderiam advir para Portugal das ligações
comerciais com a Ásia.
b) De incentivo à viagem de Vasco da Gama, com ênfase nas suas
conseqüências para o fortalecimento político e moral do povo
português.
c) De incentivo genérico ao empreendimento das navegações
portuguesas, sem especificar as razões que as podiam justificar.
d) De crítica ao empreendimento das navegações
portuguesas.

e) Indiferente à questão das navegações portuguesas.

8. (FUVEST) Considere as seguintes afirmações sobre a fala
do “Velho do Restelo”, em Os Lusíadas:

I- No seu teor de crítica às navegações e conquistas,
encontra-se refletida e sintetizada a experiência das perdas que causaram,
experiência esta já acumulada na época em que o poema foi
escrito.
II- As críticas aí dirigidas às grandes navegações
e às conquistas são relativizadas pelo pouco crédito atribuído
a seu emissor, já velho e com um “saber só de experiências
feito”.
III- A condenação enfática que aí se faz à
empresa das navegações e conquistas revela que Camões teve
duas atitudes em relação a ela: tanto criticou o feito quanto
o exaltou.

Está correto apenas o que se afirma em:

a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) I e III.

Posts Relacionados