Home Vestibular Candidato terá de acertar ao menos 22 testes da 1ª fase para ter bônus

Candidato terá de acertar ao menos 22 testes da 1ª fase para ter bônus

by

Para receber algum bônus na prova da Fuvest deste ano, o candidato de
escola pública precisará acertar pelo menos 22 questões
da primeira fase do vestibular, que tem 90 testes. A fórmula a ser aplicada
foi divulgada pela Universidade de São Paulo (USP). Inicialmente, a assessoria
de imprensa da USP havia informado que o número mínimo de acerto
era 23.

A mudança precisou ser feita para compensar o bônus que os estudantes
de escola pública perderiam com a não utilização
do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no vestibular. Para o candidato
de escola particular, a nota da primeira fase da Fuvest será exatamente
o número de pontos que o candidato tirar no exame, que acontece no dia
22 de novembro.

Quem acertar acima de 22 testes receberá 1,8% de bônus. O percentual
irá variar de acordo com o desempenho. Quem acertar 72 questões
ou mais receberá 6%. A definição da fórmula foi
tomada pelo Conselho de Graduação em uma reunião na última
quinta-feira (15).

A fórmula utilizada para o cálculo será a seguinte:

Bônus Fuvest (%) = 1,8 + 4,2 x (NF-22)
                                                      50

NF = nota da prova da primeira fase da Fuvest

Sem o Enem

A USP decidiu não usar a nota do Enem, porque, segundo a instituição,
a aplicação do exame nos dias 5 e 6 de dezembro inviabiliza
o seu uso por “razões operacionais”. A prova representaria
um acréscimo de até 20% na nota final do candidato.

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) também já havia
informado que não utilizaria o Enem neste ano pelos mesmos motivos. O
Ministério da Educação (MEC) adiou o Enem após o
vazamento da prova.

O calendário e as demais regras do edital da Fuvest 2010 permanecem
inalterados. As provas da segunda fase acontecerão de 3 a 5 de
janeiro de 2010
.

No total, 128.144 candidatos se inscreveram na Fuvest. Desse número,
10.989 são treineiros. Estão em disputa 10.812 vagas: 10.622 na
USP, cem na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São
Paulo e 90 na Academia de Polícia Militar do Barro Branco.

No próximo vestibular, o processo seletivo terá um novo formato.
Com a mudança, a nota da primeira fase, com 90 questões, não
será mais computada na pontuação final do vestibular. As
provas da segunda fase, assim como as disciplinas específicas, foram
alteradas.

Posts Relacionados