dcsimg

Saiba como usar a nota do Enem para entrar na faculdade


Quem se dedica a obter uma boa nota no exame mais importante do Brasil, o Enem, encontra uma bela recompensa alguns meses depois, em forma de vaga no ensino superior.

É que existem três maneiras de usar a nota das provas para entrar na faculdade – umas mais simples, outras nem tanto.

De qualquer forma, o Enem pode ajudar, e muito, a realizar o sonho de ser um universitário.

Veja a seguir quais são os processos seletivos de que estamos falando e como usar sua nota no Enem para conquistar seu lugar ao sol.

Ah, aproveite também para conhecer algumas faculdades legais onde estudar!

Como entrar na faculdade só com a sua nota do Enem

A maneira mais rápida e fácil de entrar na faculdade com a nota do Enem é pelo ingresso direto, modalidade adotada por centenas e centenas de faculdades particulares de todo o Brasil.

Com ele é possível conseguir a vaga desejada usando apenas a pontuação obtida no exame. Geralmente, vale a de qualquer edição a partir de 2010.

O funcionamento do ingresso direto pode variar um pouco de uma faculdade para outra, mas basicamente o estudante só precisa informar (e comprovar) as notas que obteve em cada uma das cinco provas do Enem — Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Matemática e Redação.

Caso essa pontuação seja suficiente para entrar naquele curso, o candidato já garante o direito à vaga. Aí basta juntar a documentação necessária, fazer a matrícula e aguardar o início das aulas.

Como usar a nota do Enem para entrar numa faculdade pública

Para conseguir uma tão sonhada vaga em universidade federal, municipal ou estadual, ou ainda em um Instituto Federal de Educação, Ciência Tecnologia, é necessário encarar um processo seletivo chamado Sisu – Sistema de Seleção Unificada.

Duas vezes ao ano, no primeiro e no segundo semestre, o Sisu atrai milhões de estudantes de todo o Brasil. A primeira edição, que também é a maior, abre inscrições logo depois da divulgação dos resultados do Enem, geralmente em janeiro.

Para participar, o interessado só precisa ser feito o Enem mais recente e não ter zerado na redação. Sim, esse é o único requisito mesmo: não ter tirado nota zero na redação.

Não é à toa que o Sisu se tornou um dos processos seletivos mais concorridos do Brasil.

Mas aqui tem uma pegadinha: embora seja fácil participar, só leva a vaga quem realmente tiver um bom desempenho no Enem!

No Sisu, os candidatos encontram opções em cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo em todas as áreas do conhecimento.

Durante o processo seletivo, os candidatos podem fazer duas opções de curso e ir trocando ao longo da semana, se for o caso, conforme as notas mínimas para passar vão mudando. Dá para escolher vagas em todo o Brasil.

Como usar a nota do Enem para ganhar bolsa de estudo

Sua nota do Enem também pode valer bolsa de estudos em uma faculdade particular de qualidade.

Por meio do Programa Universidade para todos, o ProUni, é possível concorrer a uma bolsa integral ou parcial, que será distribuída de acordo com seu perfil socioeconômico e nota obtida no Enem.

Aqui os critérios de participação são um pouco mais restritos do que os do Sisu.

Primeiramente, o candidato precisa apresentar desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e não ter tirado zero na redação do Enem mais recente. Depois, ele precisa comprovar que fez todo o ensino médio em escolas da rede pública e que tem renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa. Quem estudou em escola particular como bolsista integral também pode participar.

O processo para conseguir vaga é muito similar ao do Sisu. Quanto maior a nota, maiores as chances. É possível escolher até duas opções de cursos e o segredo é ficar de olho na nota de corte, que pode variar todos os dias no decorrer do período de inscrições.

A seleção também abre duas vezes ao ano, normalmente logo após o encerramento do Sisu. As bolsas, sejam integrais ou parciais, valem durante todo o curso.

Bônus: veja como financiar seus estudos com a nota do Enem

O FIES financia os custos da faculdade particular a juros baixos e ainda oferece um prazo longo para quitação da dívida. Muitas vezes é uma excelente alternativa para quem precisa fazer um curso superior e está sem condições financeiras no momento.

A forma de seleção é pela nota do Enem. Pode participar quem fez qualquer edição do Enem a partir de 2010 e obteve pontuação de pelo menos 450 na média das provas, sem ter zerado a redação. O benefício, no entanto, é destinado a pessoas que têm renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.

As inscrições para o FIES abrem duas vezes por ano, sempre depois do encerramento do ProUni.

Faculdades onde você pode estudar com a nota do Enem

Conheça a seguir algumas faculdades que selecionamos a dedo para você tentar sua vaga o quanto antes. São instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam alunos pelo ProUni, FIES e ingresso direto!

Todas elas contam também com programas próprios de bolsas e financiamentos, convênios e descontos.

Veja também:

Que nota preciso tirar no Enem para passar no Sisu?

Qual desses processos seletivos você acha que é o melhor para você? Conte para a gente nos comentários!


Comentários

Veja mais artigos de Vestibular

<< Outros artigos de profissoes

Comentários

Siga-nos:

Instituições em Destaque

 
 

Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e receba as últimas notícias do Vestibular além de dicas de estudo: