Home Vestibular Liberados para consulta os resultados da média por escola do ano passado

Liberados para consulta os resultados da média por escola do ano passado

by

Estão liberadas para consulta pela internet as médias
obtidas pelos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio
(Enem) de 2009, por escola. Quase 2,6 milhões de estudantes
fizeram as provas. Tiveram as médias divulgadas as unidades de
ensino com mais de dez alunos.

Os resultados são calculados a partir do desempenho dos alunos
concluintes. É possível verificar as médias de
todas as escolas do Brasil por modalidade de ensino, com resultados
apresentados para o ensino médio regular, para a
educação de jovens e adultos e para as duas etapas em
conjunto. São divulgadas as médias separadas das quatro
áreas objetivas avaliadas no exame, a da redação,
a das provas objetivas e a geral — prova objetiva mais
redação.

O número de escolas de ensino médio regular com alunos
que participaram do Enem aumentou de 24.253 em 2008 para 25.484 em
2009. Dentre as 27.306 escolas constantes do censo escolar de 2009 que
oferecem o ensino médio regular, 93% tiveram a
participação de alunos concluintes no exame. A
variação mais significativa ocorreu no número de
escolas que oferecem apenas a modalidade de educação de
jovens e adultos — apresentaram aumento de 16% em
relação a 2008.

Organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais
(Inpe), o Enem de 2009 foi aplicado em 5 e 6 de dezembro. Foram
avaliadas as áreas de conhecimento de ciências da natureza
e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias,
linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e
suas tecnologias, além da redação. A
divulgação das médias do exame é elemento
de mobilização em favor da melhoria da qualidade do
ensino. A iniciativa auxilia professores, diretores e demais dirigentes
educacionais na reflexão sobre problemas e
soluções no âmbito da escola, a partir da
avaliação do desempenho dos alunos em cada área de
conhecimento.

Confira os resultados por escola

Confira a nota técnica do Inep

Para mais informações, acesse o site do MEC.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Inep / MEC

Posts Relacionados